FM 2016 | O que valem os reforços dos três “grandes”?

-

Sporting, de olhos em Iuri

Os atributos de Marcelo Meli em FM2016 mostram que os “leões” adicionaram ao seu leque de opções um verdadeiro “cão de caça”, capaz de se sacrificar em prol da equipa e desempenhar outras tarefas caso seja necessário. Um reforço de trabalho, com habilidade, mas cujo potencial não garante “estrelato” futuro.

GoalPoint-Marcelo-Meli-Sporting-FM-2016
Clique para ampliar

A contratação mais sonante dos “leões”, Alan Ruiz, apresenta valores inferiores comparativamente aos reforços do rival lisboeta (122) e que certamente não lhe garantiriam um lugar no “onze”, porém surge com potencial para tal.

FM 2016 | O que valem os reforços dos três "grandes"? - Alan Ruiz
Clque para ampliar

O sérvio Radosav Petrovic conta com números superiores (130) mas também aquém dos valores médios dos titulares leoninos. Para além disso, encontra-se no pico do seu potencial, por isso dificilmente será útil às necessidades da equipa.

FM 2016 | O que valem os reforços dos três "grandes"? - Radosav Petrovic
Clique para ampliar

Por último o lituano Lukas Spalvis. O que mais chama à atenção não é o seu valor de habilidade, mas o facto de ter no seu historial do jogo uma lesão de sete meses, e coincidentemente se ter lesionado novamente por um período idêntico na vida real. Pode-se dizer: “tivessem consultado o FM”! Quando à sua habilidade, é pouco superior a Alan Ruiz (124) mas com potencial inferior ao argentino.

FM 2016 | O que valem os reforços dos três "grandes"? - Lukas Spalvis
Clique para ampliar

De realçar também o regresso de Iuri Medeiros, que com potencial de 160 poderia ser um magnífico reforço para a equipa, resta saber se… Jorge Jesus concorda.

> Na próxima página: “Dragões” tentam reforçar defesa

Bruno Gens
Bruno Gens
Formado em Economia, cedo se apercebeu que os únicos números que o cativavam envolviam Futebol. Actual Chefe de Pesquisa Portuguesa do Football Manager.