Este é o segundo capítulo da saga “O Regresso das Vedetas”, uma realidade alternativa, simulada em Football Manager 2016, em que a Liga NOS é invadidada pelas maiores “vedetas” transferidas pelos clubes portugueses nos últimos anos. Se perdeu o primeiro capítulo o melhor é começar… por aqui.

A saga do regresso dos heróis está de volta! A época tinha começado tal como na vida real, e Jorge Jesus fez valer o ascendente psicológico sobre Rui Vitória, levando a Supertaça para Alvalade. Vitória por 1-0, tal como na “vida real”. Mas a vida real fica mesmo por aqui…

Mas para além da Supertaça também se jogaram as pré-eliminatórias de acesso à Liga Europa. O Belenenses teve mais sorte no sorteio, apanhando e batendo os belgas do Charleroi, mas o outro clube português na luta, o Vitória de Guimarães, também repetiu a eliminação sofrida fora da simulação, e nem os três golos de Tozé e os cânticos do guarda-redes Miguel Silva na bancada foram suficientes para eliminar os russos do Krasnodar.

Seguiu-se novo sorteio europeu, e aos “azuis” de Belém saíram nada mais nada menos que os pupilos de Thomas Tuchel, o Borussia Dortmund. Já em Alvalade o sorteio também não foi bem recebido por todos. Dona Dolores Aveiro, por exemplo, quando soube que o adversário, Shakhtar Donetsk, fica situado muito perto da Rússia, escreveu no seu Instagram pessoal: “O meu menino vai lá mas eu fico com ele no quarto para não haver outro azar | My chaild is going dere, but I wil bee in the bedroom with my chaild, to bad luck not hepen again”, e ilustrou com esta foto.

FM 2016 - O regresso as vedetas - Episódio 02
“Rôusses?! Nunque más tê meites neisse mê filhe, sôum mes vagaboundes!”

Entretanto começa a Liga. Jorge Jesus premeia Adrien, autor do golo da vitória na Supertaça, com uma estadia no banco frente ao Tondela, a fazer relembrar iguais recompensas a Nolito, mas os 4-0 finais para os “leões” provam que a decisão foi acertada.

Do outro lado da segunda circular, Rui Vitória, tenta manter as suas tropas motivadas, para evitar uma derrapagem logo de início como era hábito no anterior técnico dos “encarnados”.

FM 2016 - O regresso as vedetas - Episódio 02
Pessoal, o Rui tá confiante!

No entanto as palavras não foram traduzidas em resultados e o Benfica começou com um empate na Luz frente ao Estoril. Gaitán, insatisfeito com as opções do treinador, aborta a renovação de contrato e ameaça bater com a porta, enquanto Laurent Blanc acena com um chorudo contrato.

FM 2016 - O regresso as vedetas - Episódio 02
Rui, no me gusta el camino tio…

Igual sorte teve Lopetegui, que iniciou com um empate no Dragão frente a um Vitória de Guimarães que ainda “chorava” a eliminação precoce da UEFA. Brahimi finalizou uma jogada individual de Hulk, mas o grande destaque foi mesmo Falcao, que relegou para o banco Osvaldo, enquanto Jackson e Aboubakar ficaram fora dos convocados, devido à rigidez táctica do espanhol, que não parece estar a saber lidar bem com as muitas opções para a frente de ataque.

A meio da semana Ricardo Sá Pinto (aqui ainda no Belenenses) não conseguiu tirar partido dos reforços Rúben Amorim e Rolando, e foi obrigado a aceitar seis golos sem resposta no acumular das duas mãos. Já o Sporting, depois de ter ganho por 1-0 em Alvalade, começou o jogo na Ucrânia a perder, mas Nani e Cristiano Ronaldo, bastante inspirados, contribuíram desta vez para os cofres de Alvalade. Bruno de Carvalho suspirou de alívio por conseguir assim pagar os salários aos autores dos golos.

FM 2016 - O regresso as vedetas - Episódio 02
Ganhámos?! Calduço geral no Paulinhooooo!

 

> NA PRÓXIMA PÁGINA: SORTEIO DA FASE DE GRUPOS