[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” add_icon=”true” title=”Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″]
GoalPoint-França-Holanda-QL-MUNDIAL-2018-Ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” add_icon=”true” title=”MVP” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″]
GoalPoint-França-Holanda-QL-MUNDIAL-2018-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”Stats” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″]
GoalPoint-França-Holanda-QL-MUNDIAL-2018-90m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

A Holanda ficou em maus lençóis no Grupo A da Qualificação Europeia com vista ao Mundial de 2018. A “laranja” arrisca-se a falhar duas grandes competições consecutivamente, após ter estado ausente do EURO 2016. Isto porque voltou a perder, desta vez por goleada, na visita à França. O 4-0 final mostra a diferença que se verificou ante as duas equipas em campo e também em termos estatísticos. A Holanda está em quarto lugar no grupo, a seis pontos da líder França, e atrás de Suécia e Bulgária, quando faltam três jogos para terminar a fase de apuramento.

A França foi superior em toda a linha. A juntar aos 61% de posse, esmagou os holandeses no ataque, com 20 remates (12 enquadrados), contra cinco do seu adversário (um enquadrado), criou quatro ocasiões flagrantes contra uma, colocou a bola 36 vezes na área “laranja”, contra 14 dos visitantes. Uma diferença significativa em todos os momentos de jogo. E o melhor em campo foi Thomas Lemar, com dois golos e um GoalPoint Rating de 8.9.

GoalPoint-T-shirts-2017-banner