GoalPoint-France-Peru-WC2018-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-France-Peru-WC2018-MVP
Clique para ampliar
GoalPoint-France-Peru-WC2018-90m
Clique para ampliar

A França garantiu desde já a passagem aos oitavos-de-final do Mundial. Os gauleses marcaram na primeira parte, mas nunca confirmaram em campo o claro favoritismo que lhe era atribuído antes da partida. Na verdade, os peruanos tiveram mais bola, atacaram mais, mas não conseguiram criar verdadeiro perigo junto da baliza de Hugo Lloris. A equipa sul-americana pode queixar-se de alguma falta de sorte, mas também de si própria, face à confirmada eliminação.

O Peru mostrou desde cedo ser uma equipa lutadora, voluntariosa e com grande vontade. Qualidade ofensiva mais evidente a de André Carrillo, que ao intervalo registava cinco dribles eficazes em sete tentativas. Porém, e apesar de ter tido mais bola no primeiro tempo (53%), os peruanos não estiveram ao nível do seu adversário. A França rematou bem mais – nove vezes, contra apenas quatro dos sul-americanos – e com mais qualidade – quatro enquadrados para um -, criando duas ocasiões flagrantes.

Uma delas deu mesmo em golo, aos 34 minutos, quando Kylian Mbappé foi mais rápido que Miguel Trauco e finalizou calmamente, para a baliza deserta, após um remate de Olivier Giroud que desviou no ex-Sp. Braga, Sporting CP e Rio Ave, Alberto Rodríguez. Ao descanso, o melhor em campo era precisamente o jogador que esteve na origem do lance, Giroud, desta feita aposta para o ataque gaulês e que chegou ao intervalo com um rating de 6.4.

No segundo tempo os peruanos tiveram de intensificar a pressão à procura dos golos que evitassem a eliminação já à segunda jornada. Aliás, França praticamente não atacou após o descanso, registando o primeiro remate apenas aos 82 minutos. A bola era do Peru, que terminou com 61% de posse de bola na segunda parte, 57% no total. Contudo, conseguiu rematar menos vezes que a França (12-10, 4-2 enquadrados), não criando qualquer ocasião flagrante.

O melhor em campo foi N’Golo Kanté. O “trinco” francês esteve imbatível na batalha de meio-campo, registando 13 recuperações de posse e 17 acções defensivas, entre elas cinco bloqueios de passe. Terminou com um GoalPoint Rating de 7.3.

GPR-contest-World-Cup-2018-leaderboard-1