Gaetano Castrovilli, o novo “príncipe de Florença”?

-

TotoRating Banner

Aos 23 anos, Gaetano Castrovilli tem sido um dos destaques da edição 2020/21 da Série A e, na última ronda, atingiu um novo ponto alto de uma época que pode ser de afirmação definitiva. No triunfo por 3-2 da última jornada diante da Udinese, o médio bisou e gizou, ainda, uma assistência, que redundou no golo de Nikola Milenković. Ao cabo destas primeiras cinco rondas da prova, o médio tem no total quatro tiros certeiros e promete não ficar por aqui.

Após ter feito parte da formação no histórico Bari, onde realizou duas temporadas na Série B, o atleta está no emblema de Florença desde a 2016/17, foi emprestado ao Cremonese, onde em duas épocas marcou seis golos em 55 partidas. Quando regressou, voltou para ficar e desde então que tem sido opção. Graças a este arranque fulgurante, já ultrapassou o número de “tentos” que fez na temporada anterior – três em 35 encontros e que lhe valeram na altura uma chamada por parte do seleccionador Roberto Mancini, tendo-se estreado na vitória contra a Bósnia e Herzegovina por 3-0 – e tem sido peça-chave no esquema de Giuseppe Iachini, além de figura de proa da Liga transalpina.

[ Castrovilli foi o MVP no triunfo “viola” do último fim-de-semana ]

GoalPoint-Fiorentina-Udinese-Italian-Serie-A-202021-MVP
Clique para ampliar

Com um vasto raio de acção e boa capacidade física (1,87m e 77kgs), trata-se de um médio “todo-o-terreno” moderno, um “box-to-box” fiável no processo defensivo e que vem apurando a componente ofensiva. No 3x5x2 habitualmente utilizado pela “Fiore”, Castrovilli utiliza preferencialmente o pé direito, joga numa posição mais central, descaindo sobre o corredor esquerdo, podendo ainda, dada a sua versatilidade, actuar nas costas do avançado mais adiantado ou como extremo/ala canhoto. As exibições do camisola “10” têm despertado a cobiça de diversos clubes, de acordo com o site Football London: Tottenham, RB Leipzig, Inter e Napolés são os “tubarões” de que se fala. Num passado recente, o nome dele já tinha sido veiculado a Liverpool, Manchester United, Juventus e Roma.

Em crescendo nos “viola”

[ Os desempenhos acumulados de Castrovilli em 19/20 e 20/21 ]

O novo “príncipe de Florença”, título em que tempos idos pertenceu ao português Rui Costa, tem apresentando números fantásticos se olharmos com mais pormenor para alguns dados: é o segundo médio do campeonato transalpino com mais golos marcados, apenas atrás de Papu Gómez da Atalanta, que tem mais um “tiro” certeiro, e nestas primeiras cinco rondas da prova, ocupa o nono posto entre os médios com mais remates (9).

Cada vez mais marcado pelos adversários, Castrovilli tem sido bastantes vezes travado e é o quarto centrocampista com mais faltas sofridas (12) e o quinto com mais intercepções (10) – prova da sua competência defensiva. A juntar a tudo isto, o jovem de 23 anos é o jogador “viola” que mais têm contribuído para a recuperação da equipa, participando em 40% dos golos da equipa sempre que está em acção, valor que aumenta para metade se juntarmos aos tiros certeiros às assistências. Dos dez golos da equipa até ao momento na competição, marcou quatro e “criou” outro, o que ajuda a explicar o envolvimento cada vez mais crescente do internacional italiano na manobra da equipa.

A acompanhar com muita atenção nos próximos tempos.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.