messi-neymar

Já nos cruzamos com alguns “10” desde que criámos o GoalPoint Ratings. Poucos. Vimos alguns chegarem bem perto, até na Liga NOS. Mas pela primeira vez a nossa “fábrica de processamento” entregou duas notas máximas no mesmo jogo, e a dois jogadores do mesmo clube. Aconteceu na abertura da Champions 16/17 e os protagonistas foram Messi e Neymar, do Barcelona.

GoalPoint | Barcelona vs Celtic | Champions League 2016/17 | 90m
Clique para ampliar

Os “blaugrana” venceram por 7-0. O resultado anuncia desde logo um clima propício a notas elevadas, prenúncio que é reforçado pelos números da partida. Domínio total e avassalador: um registo atípico de 10(!) remates enquadrados em 15, 10 deles a nascerem de passes venenosos, seis deles convertidos em assistência!

E desses seis… quatro couberam a Neymar, que somou ainda um golo a tão estrondoso pecúlio. Estava calculado o primeiro “10” da partida. Mas a acompanhá-lo outro, ainda menos insuspeito: Lionel Messi. O argentino não só fechou a conta com um hat-trick como ainda ofereceu uma assistência a Suárez, ele que com dois golos e uma assistência (e um rating de 7.5) até parece ter tido um jogo “modesto”, por comparação com os registos “estratosféricos” dos companheiros.

Os participantes no Passatempo GoalPoint (link) mais recente têm nestes exemplos a “fotografia” daquilo que, mesmo que noutros moldes, pode render o primeiro “10” da Liga NOS: uma exibição de outro mundo. Destaque ainda para Iniesta 7.1, Alba 6.2 e André Gomes 6.1, os ratings catalães mais elevados, a seguir ao trio referido.