Goleada do Sporting faz cair recordes da Liga 🔥

-

O encontro deste domingo em Alvalade, entre Sporting e Tondela, redundou na maior goleada dos “leões” esta época, e as características deste encontro acabaram por potenciar uma “chuva” de novos recordes na Liga NOS 2020/21. E como é habitual, estivemos atentos a esse facto e mostramos-lhe quais foram. A lista é extensa e dá para verificar, com mais profundidade, a superioridade que os comandados de Rúben Amorim demonstraram ao longo de todo o jogo.

[ Veja o resumo do Sporting 🆚 Tondela 👇 ]

Já a quinta jornada havia proporcionado muitos novos máximos, mas desta feita o foco recai sobre um só jogo, que começa logo por ser aquele que registou um GoalPoint Rating colectivo mais elevado da Liga esta temporada – do Sporting, claro está, um 6.72. Confira connosco.

GoalPoint-Sporting-Tondela-Liga-NOS-202021-Ratings
Clique para ampliar
  • O “leão” fixou um novo máximo de expected goals (xG) numa só partida esta época. Foram 4.3, suplantando o anterior máximo de 4.0, que pertencia ao Benfica, ante o Moreirense, na segunda jornada.
  • Esta partida foi a que registou mais ocasiões flagrantes, nada menos que 11, pulverizando o anterior máximo, que era de sete, e que se verificara em outros quatro desafios. E todos esses lances foram construídos pelo Sporting, que passou a ser a equipa com mais “big chances”, batendo as sete do Benfica frente ao Moreirense.
  • Este foi o segundo embate com mais remates enquadrados, nada menos que 15, menos um que no Benfica-Farense, mas o que o distingue é que foram todos realizados pela mesma equipa, o Sporting, que assim passou a ser dono do valor máximo. A formação de Alvalade bateu por larga margem os dez do Benfica ante o Moreirense.

  • Os “leões” construíram muito, mas também desperdiçaram bastante. Depois deste encontro ostentam o maior número de ocasiões flagrantes perdidas num só jogo, sete, mais um que… o Benfica ante o Moreirense. O grande “culpado” foi Sporar, que igualou o máximo de flagrantes desperdiçadas por um jogador numa partida, três, o mesmo valor que Brayan Riascos do Nacional frente ao Belenenses SAD.
  • Num apontamento mais positivo, a equipa de Rúben Amorim é também, agora, a formação com mais dribles completos num desafio, nada menos que 23, mais um que o Famalicão conseguiu em Faro. Pedro Gonçalves, com quatro em sete tentados, foi quem mais contribuiu para este feito.

  • Por falar em Pedro Gonçalves… “Pote” e Andraz Sporar igualaram o máximo de remates enquadrados de um jogador numa partida, quatro, registo que pertencia solitariamente a Pedro Nuno, do Moreirense, frente ao Farense.
  • Sporar também igualou Paulinho (Braga frente ao Santa Clara) no número de remates na grande área num jogo, nada menos que seis.
  • Pedro Trigueira, do Tondela, fez 11 defesas, novo máximo da Liga NOS. O anterior pertencia a Bruno Varela, do Vitória de Guimarães, ante o Paços de Ferreira, e a Amir Abedzadeh, do Marítimo, com o FC Porto. Desses 11, nove foram a remates na sua grande área, o que também constitui novo recorde, mais duas que Odysseas Vlachodimos, do Benfica, contra o Farense.

  • João Mário, pela primeira vez titular esta época no “leão”, fez quatro remates de fora da área, o mesmo registo máximo de Pedro Nuno (Moreirense com o Farense) e Lucas Mineiro (Gil Vicente-Vitória de Guimarães).
  • Finalmente, Jaume Grau, do Tondela, passou a ser o jogador mais driblado num jogo, sete vezes.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.