Golos “à Champions”

A fase de qualificação para a Liga dos Campeões terminou esta noite deixando, como é natural, algumas equipas pelo caminho (com destaque para o Nápoles) e cobrindo de glória tantas outras. Os dois golos da noite são precisamente da autoria de jogadores que contribuiram assim para que as suas equipas atingissem, com brilhantismo, a fase de grupos da prova maior de clubes na Europa. O primeiro é da autoria de Eriksson (Malmo) frente ao Salzburgo o e o segundo é obra de Wanderson, que com esta bomba levou o Ludgoretz ao prolongamento e posterior vitória nos penalties sobre os romenos do Steua. Dois tiros de primeira, dois golos de levantar o estádio.