Guardian coloca três “dragões” nos 100 melhores do mundo

Doze dos 100 eleitos actuam ou já actuaram no futebol português.

Brahimi é o mais bem colocado dos três jogadores, todos "dragões", incluídos pelo Guardian na sua selecção dos 100 melhores de 2014 (foto: J. Trindade)
Brahimi é o mais bem colocado dos três jogadores, todos “dragões”, incluídos pelo Guardian na sua selecção dos 100 melhores de 2014 (foto: J. Trindade)

O conceituado diário britânico The Guardian anunciou a sua escolha anual dos 100 melhores jogadores do mundo e há diversas mudanças dignas de registo, a começar pela liderança, na qual Cristiano Ronaldo sucede a Lionel Messi com 74% dos votos quando em 2013 tinha recolhido apenas 20%, contra 60% do argentino. O top 10 é completado (por ordem de votação) por Messi, Neuer, Robben, Muller, Suarez, Neymar, Bale, Lahm e Aguero, não deixando de ser curioso perceber que, apesar da origem do conceituado jornal, nenhum dos 10 melhores futebolistas do mundo no ano agora findo actua na Premier League.

Três “dragões” em representação da Liga Portugal

Percorrendo os 100 eleitos temos de descer até ao 61º posto para encontrar o primeiro nome em actividade na nossa Liga, precisamente Yacine Brahimi, o virtuoso argelino que tem encantado o Dragão desde a sua chegada neste Verão. Muito perto, no 73º posto surge o avançado Jackson Martínez, que dificilmente permanecerá muito mais tempo no nosso futebol embora, segundo as notícias que cirulam, apenas pondere partir no final da época em curso. A lista de “presenças” oriundas da nossa Liga fecha com o mexicano Hector Herrera, o médio que esta época tem comprovado os méritos que terão motivado o FC Porto a avançar para a sua contratação ainda no defeso 2012/13.

A lista não contempla mais nenhum nome em actividade no futebol português, embora esteja repleta de “craques” (ao todo 12, entre jogadores que actuam ou já actuaram em Portugal) que se afirmaram na Liga portuguesa antes de partirem rumo a destinos mais competitivos, comprovando o papel fundamental da Liga portuguesa na validação do talento espalhado pelas principais competições nacionais da Europa.

Confira a selecção dos 100 melhores do Guardian aqui.