Guardiola ao estilo de Mourinho?

Guardiola não “encaixou” bem a derrota do Bayern ontem diante dos MLS All-Stars (selecção de estrelas da liga norte-americana) por 2-1, recusando-se cumprimentar o treinador adversário Caleb Porter e apresentando-se visivelmente alterado nos minutos finais da partida e após o apito final. Sendo verdade que os norte-americanos disputaram os últimos 15 minutos com uma agressividade acima do esperado num jogo amigável a verdade é que para um treinador que supostamente se posiciona de forma oposta a José Mourinho (protagonista mais frequente deste tipo de incidentes, muitas vezes de forma aparentemente premeditada) este não foi a sua “finest hour“, como diriam os adversários que ficaram de mão estendida.