“Gunners” contra a homofobia

Os jogadores do Arsenal participaram numa curiosa campanha contra a homofobia, não se coibindo de fazer pouco de si próprios.