Harvey Barnes, um diamante que brilha nos “Foxes” 🦊

-

Vários são os jovens ingleses que prometem ou já estão a falados como as próximas “the next big thing”. Nomes como Jadon Sancho (Borussia Dortmund), Phil Foden (Manchester City), Mason Mount (Chelsea), Declan Rice (West Ham), Jack Grealish (Aston Villa), Bukayo Saka (Arsenal) ou Jude Bellingham (Borussia Dortmund), por exemplo, estão na linha da frente para assumir as rédeas da “Velha Albion”, ao lado de Harry Kane, Marcus Rashford e companhia. Um dos próximos diamantes na forja tem nome e apelido, brilha há mais de uma época e está a ser moldado no Leicester: Harvey Barnes.

Já com uma internacionalização, o craque os “foxes” tem realizado uma temporada ao nível daquilo que a equipa de Brendan Rodgers tem patenteado: terceiro classificado, com os mesmos 46 pontos do vice-líder Manchester United. Rápido, técnico, incisivo e objectivo, o jovem de apenas 23 é um avançado móvel, robusto, que aguenta bem o choque – 1,82m e 76 quilos – e vertical, que tanto pode estar numa das alas, preferencialmente a esquerda, onde acciona as diagonais para a zona central desferindo remates com o pé direito (o mais letal), na linha da frente, jogando com total liberdade de movimentos, ou mesmo actuando como médio-ofensivo. Um polivalente de enorme valia e ainda com uma margem de crescimento assinalável.  

Formado na Academia do Leicester – contabilizou passagens por empréstimo pelo MK Dons, Barnsley e West Bromwich Albion -, o jovem tem cimentado, aos poucos, o seu espaço na equipa. Após 42 jogos oficiais na época transcorrida e sete golos apontados, esta temporada já leva 31 encontros e 12 “tiros” certeiros. Na Premier League foi titular em 20 das 23 partidas em que foi utilizado (1809 minutos em cena) e carimbou oito golos. No mais recente triunfo ante o campeão Liverpool, além de ter feito um dos três tentos, contabilizou dois remates, ambos enquadrados, dois passes para finalização, acertou quatro dos dez dribles tentados, sofreu quatro faltas e realizou dois desarmes.

Realçamos, ainda, mais dois jogos em que o génio do craque do Leicester esteve em alto nível. Logo na segunda jornada, apresentou-se num patamar superlativo na vitória folgada diante do Burnley (4-2): foi autor de cinco remates (três enquadrados), um golo, uma assistência, dois passes para finalização, 52 acções com a bola, duas recuperações de posse e dez passes ofensivos valiosos. Números que, tal como o algodão, não enganam.

Na jornada 20, a equipa de Ricardo Pereira não ganhou ao Everton de André Gomes (1-1), mas o avançado voltou a estar em foco com uma assistência gizada, cinco passes para finalização, sete passes ofensivos valiosos, acertou 50% dos dribles que tentou e teve uma eficácia no capítulo do passe de 72%. 

Bons indicadores que vêm de trás

GoalPoint-Harvey_Barnes_2019_vs_Harvey_Barnes_2020-infog
Clique para ampliar

O trajecto do camisola 15 na alta roda do futebol inglês começou a ser cimentado em 2019/20, quando começou a espalhar todo o seu talento. Ao todo foram 2064 minutos nas quatro linhas, distribuídos por 36 jogos, oito assistências delineadas e seis golos marcados. Além disso foi o responsável por fazer uma média 2,5 remates a cada 90 minutos, 1,5 passes para finalização, realizou com êxito quase metade dos dribles tentados (4,0), sofreu 1,3 faltas e somou 0,6 acções defensivas no meio-campo contrário. 

Em jeito de remate final, ficam mais alguns dados que consubstanciam o porquê de realçarmos Harvey no Focus desta semana:

  • O número 15 tem um peso grande no número de golos do Leicester sempre que está em campo. A sua participação é de 33%, fruto dos oito golos e três assistências que tem até ao momento; 
  • É o terceiro jogador dos “Foxes” na média de remates a cada 90 minutos, com 2,6, atrás apenas de Jamie Vardy (3,0) e James Maddison (2,9);
  • O avançado é o segundo jogador do conjunto com mais remates enquadrados, 1,2, atrás de Vardy (1,5). Olhando para a Premier League, surge no 12º neste capítulo;
  • Barnes é, ainda, o sétimo jogador da Liga com mais tentativas de drible (4,5) e o segundo atleta do Leicester no que concerne aos dribles eficazes (2,0), atrás de Marc Albrighton (2,1).

Harvey Lewis Barnes tem contrato com o Leicester válido até 30 de Junho de 2024 e um valor de mercado que ronda os €28M, de acordo com o Transfermarkt.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.