O Mundial 2018 está perto do fim, faltando apenas disputar-se a final entre França e Croácia. Entretanto jogou-se o encontro de atribuição do terceiro, ganho pela Bélgica por 2-0 frente a Inglaterra. O segundo golo foi apontado por Eden Hazard. O extremo fez um Mundial extraordinário, terminando com registos ofensivos de relevo. Nos seis jogos que disputou, Hazard participou em cinco golos, concretizando três deles e realizando duas assistências. Apenas não teve este peso ofensivo numa partida, precisamente na única derrota e no único desafio em que os “diabos vermelhos” não marcaram, nas meias-finais, contra a França.

GoalPoint-Facto-Dia-14-Jul-Hazard-Mundial-2018-infog
Clique para ampliar

No total, o extremo do Chelsea elevou para 25 o número de golos em que teve influência directa nas últimas 25 internacionalizações. O valor incrível para um dos melhores intérpretes presentes na Rússia, e que não levam em conta a restante importância que Hazard tem na equipa, nos dribles, nos passes para finalização e até em questões estratégicas.

GoalPoint-World-Cup-2018-Eden-Hazard-infog
Os principais números de Hazard neste Mundial (clique para ampliar)

Este encontro entre Bélgica e Inglaterra teve, ainda, outros factos relevantes:

  • Este foi o 100º jogo de Inglaterra numa fase final de um grande torneio, o 69º em Mundiais.

  • O golo de Thomas Meunier (3’37”) foi o mais rápido de sempre marcado pela Bélgica num Mundial e o mais rápido sofrido por Inglaterra na prova.

  • Meunier foi também o décimo jogador a marcar pela Bélgica no Mundial 2018, o máximo num único Mundial, a par do que França conseguiu em 1982 e a Itália em 2006.

  • Kieran Trippier terminou este Mundial com 24 passes para finalização, o máximo do torneio, graças aos seis que realizou ante a Bélgica. Neymar era segundo isolado… mas passou a ter a companhia de Kevin De Bruyne, com 23.
  • O médio do City, De Bruyne, aumentou para sete o número de ocasiões flagrantes criadas, o máximo da prova e bem destacado de um conjunto de três jogadores com três situações claras criadas.

Confira todos os ratings e análise do Bélgica – Inglaterra neste link!