[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” add_icon=”true” title=”Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″]
GoalPoint-Holanda-Germany-EURO-2016-QL-Ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” add_icon=”true” title=”MVP” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″]
GoalPoint-Holanda-Germany-EURO-2016-QL-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”Stats” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″]
GoalPoint-Holanda-Germany-EURO-2016-QL-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

Holanda e Alemanha ofereceram não só mais um capítulo para a história da sua rivalidade como um que entra para a selecção dos mais memoráveis. O grande jogo disputado na Johan Cruijff Arena abriu com a Alemanha por cima, com golos de Sané e Gnabry mas a “laranja” soube responder na segunda parte, por De Ligt e (o cada vez mais incontornável) Depay.

[O golo de Gnabry, o segundo do jogo, e provavelmente o melhor da noite]

O jogo parecia encaminhado para o (justo) empate quando o lateral Nico Schulz (sinalizado e até recomendado por nós a um “grande” em 2015), que já havia assistido o primeiro golo do encontro, marcou o tento decisivo que deu a vitória à Manschaft, arrecadando também o MVP GoalPoint do encontro, com um rating de 7.5.