A Liga NOS chegou ao fim com o SL Benfica campeão e com Jackson Martínez na liderança dos melhores marcadores. Se a tabela de goleadores terminou com alguma discussão devido a um golo mal anulado a Jonas na derradeira jornada, que poderia dar esta distinção individual ao brasileiro do Benfica, no IDG™ GoalPoint não corremos o risco de cair na argumentação de justiça ou injustiça.

Isto porquê? Porque falamos em pontos em vez de golos. A lógica da nossa tabela de Índice de Goleadores GoalPoint (IDG™) gere-se pelos seguintes critérios, caso ainda não os conheça:

Golo com influência decisiva no marcador (muda o resultado de derrota para empate ou de empate para vitória): 3 pontos;
Golo com importância no marcador (aumenta a vantagem para 2 golos ou reduz a desvantagem para 1 golo): 2 pontos;
Golo irrelevante para o resultado (todos os outros): 1 ponto;
– Os golos marcados de grande penalidade seguirão o mesmo critério, mas por terem um grau de dificuldade menor contam apenas metade dos pontos.

Em Abril, Jackson liderava, seguido de Hassan e do nacionalista Marco Matías. Confira connosco o top 20 dos goleadores mais decisivos desta época, após o derradeiro mês de competição mas antes de começarmos uma menção honrosa para o maritimista Marega, que subiu nada menos que 150 lugares no ranking nas últimas quatro jornadas não figurando neste top 20 por uma posição.

Moussa Marega (foto: J. Trindade)
Moussa Marega (foto: J. Trindade)

O avançado de 23 anos chegou em Janeiro com a espinhosa missão de substituir Maazou (também inscrito neste top) mas o franco-maliano deu boa conta do recado terminando com sete golos, três deles decisivos e outros três importantes. Uma excelente opção de mercado do Marítimo portanto.

NA PRÓXIMA PÁGINA> De Moreira de Cónegos à Ilha da Madeira