IDG™ GoalPoint: Serão os golos todos iguais?

-

Quantas vezes já demos por nós a pensar que as típicas listas de melhores marcadores são demasiado simplistas? Jackson Martínez lidera sem discussão a desta época, mas e se não houvesse Jackson? O melhor marcador do campeonato seria André André, o médio-centro do Vitória de Guimarães. Não será com certeza para ele que o Porto olhará para substituir o colombiano, agora que este já anunciou que está de partida no próximo Verão…

De maneira a pôr um pouco mais de lógica em algo que devia ser também o espelho da qualidade dos avançados do nosso campeonato, o GoalPoint decidiu inovar e dar uma nova forma à típica lista. Para nós os golos não valem todos o mesmo. Todas as equipas procuram jogadores decisivos e marcar um golo que reduz a desvantagem de 4-0 para 4-1 não é igual a fazer o golo da vitória num jogo apertado.

Propomos então a falar de pontos em vez de golos, no seguinte quadro de valorização:

Golo com influência decisiva no marcador (muda o resultado de derrota para empate ou de empate para vitória): 3 pontos;
Golo com importância no marcador (aumenta a vantagem para 2 golos ou reduz a desvantagem para 1 golo): 2 pontos;
Golo irrelevante para o resultado (todos os outros): 1 ponto;
– Os golos marcados de grande penalidade seguirão o mesmo critério, mas por terem um grau de dificuldade menor contam apenas metade dos pontos.

Curioso? Passemos então aos resultados, esses sim verdadeiramente curiosos.

IDG1 - Fev2015

Sem espanto, e com todo o mérito, Jackson Martínez continua a ser o líder, mas reordenada a classificação de acordo com as nossas pontuações há algumas surpresas. A queda de André André é clara, e são o marroquino Hassan e o ex-belenense Deyverson quem mais afrontam a liderança de Jackson. O brasileiro, que já se transferiu para a Alemanha, é mesmo o jogador com mais golos influentes do campeonato (sete).

Com estes números podemos ainda calcular um grau de influência para cada jogador. Esta percentagem é obtida dividindo o número de golos influentes mais metade dos golos importantes pelo total de golos.

IDG2 - Fev2015

Aqui os grandes destaques são Simy do Gil Vicente e Kléber do Estoril, jogadores que até ao momento só marcaram golos que alteraram decisivamente o marcador. No pólo oposto temos Maazou, o ex-marítimista que marca a maioria dos seus golos quando os jogos já estão praticamente arrumados, dado ser um jogador mais veloz e que faz da sua maior arma o aproveitamento de espaços quando as equipas adversárias já estão desorganizadas.

Destaque ainda para a diferença entre Montero e Slimani. Ambos têm sete golos, mas o colombiano leva dois pontos de vantagem por marcá-los em momentos mais decisivos.

Voltaremos em breve com a actualização do Índice de Goleadores GoalPoint (IDG™). Se ainda não conhece confira também o PowerRanking GoalPoint, um modo igualmente inovador de olhar o desempenho do futebol português, neste caso o colectivo.

Hernâni Ribeiro
Hernâni Ribeiro
Formado em estatística e gestão de informação, e Data Scientist profissional. É Head of Analytics na GoalPoint e responsável pela GoalPointPro
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR