Inglaterra 🆚 Bélgica | Januzaj dá pontapé na monotonia

-

[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” add_icon=”true” title=”Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″]
GoalPoint-England-Bélgica-WC2018-Ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” add_icon=”true” title=”MVP” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″]
GoalPoint-England-Bélgica-WC2018-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”Stats” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″]
GoalPoint-England-Bélgica-WC2018-90m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

A Bélgica venceu o Grupo G do Mundial, conseguindo o pleno de triunfos no embate mais aguardado do agrupamento, ante Inglaterra. O 1-0 final espelha um jogo em que os “diabos vermelhos” foram melhores, mas em que nenhuma das equipas jogou especialmente bem, pois ambas já conheciam o seu destino e aproveitaram para rodar inúmeros jogadores.

Primeira parte fraca em Kaliningrad entre as duas equipas claramente mais fortes do grupo. Os assobios do público aquando do apito para o descanso é disso prova, e os números, de facto, mostram alguma pobreza no futebol apresentado. O equilíbrio acabou por ser a nota dominante, com os ingleses a registarem um ligeiro ascendente em termos de posse (52%), mas foram os belgas os mais perigosos, com nove remates, dois enquadrados, uma ocasião flagrante, contra três disparos apenas britânicos, todos sem a melhor direcção. E o melhor em campo era o belga Nacer Chadli, com um rating de 6.0.

A segunda parte começou praticamente com o golo da Bélgica. E que golo. Aos 51 minutos, Adnan Januzaj trabalhou muito bem na direita do ataque, flectiu para o meio e rematou em arco, para um tento de belo efeito. Até final, a Inglaterra tentou chegar ao golo, mas sem grande convicção, sendo que os belgas terminaram mesmo a partida com mais bola. As muitas substituições, em equipas que já haviam apresentado diversas  novidades, não ajudaram ao bom futebol, nem à reacção consistente dos ingleses, que assim ficaram atrás da Bélgica, vencedora do grupo.

Os belgas terminaram com mais posse de bola, remates e enquadrados e com o melhor em campo. Marouane Fellaini terminou com um GoalPoint Rating de 6.8, graças a dois passes para finalização e seis duelos aéreos ofensivos ganhos em dez.

GPR-contest-World-Cup-2018-leaderboard-1

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR