Inter 🆚 Shakhtar D. | Lautaro “destrói” ucranianos 💥

-

GoalPoint-Inter-Shakhtar-Europa-League-201920-Ratings
Clique para ampliar

Arrasador. O Inter de Milão apurou-se para a final da Liga Europa, onde irá defrontar, na próxima sexta-feira, o Sevilha – que afastou o Manchester United. E conseguiu o feito ao golear o Shakhtar Donetsk por concludentes 5-0. A equipa de Luís Castro até mandou no jogo durante a maior parte do tempo, mas o controlo esteve sempre do lado italiano, que foi irrepreensível tacticamente e marcou quatro golos no segundo tempo. O melhor em campo, Lautaro Martínez, registou mesmo o GoalPoint Rating máximo, um 10.0.

Muito passe, posse de bola e domínio territorial por parte da equipa de Luís Castro. Porém, uma má reposição de bola de Pyatov permitiu a Nicolò Barella recuperar a bola, progredir pela direita e centrar para o golo de cabeça de Lautaro Martínez, decorria o minuto 19. Os italianos tinham apenas 32% de posse, estavam a ver jogar, mas marcaram no primeiro remate da partida.

Os ucranianos, fiéis à sua filosofia de jogo, continuaram a dominar, chegando ao intervalo com 66% de posse, e a apostar nas muitas trocas de bola, chegando aos 410 passes nesta fase da partida, quase o dobro dos 208 do lado dos transalpinos, e com impressionantes 90% de eficácia – em boa verdade o Inter pouco pressionava, jogando no erro, uma estratégia que ia dando frutos.

Pouco mudou no segundo tempo, com os ucranianos a dominarem ainda, mas a deixarem muitos espaços nas costas para contra-golpes contrários. Ainda assim o Shakhtar conseguiu criar alguns lances que anteviam o empate… mas quem marcou foi o Inter. Aos 64 minutos, na sequência de um canto da direita, Danilo D’Ambrosio saltou mais alto que todos e cabeceou para o 2-0, ao quarto remate dos italianos no segundo tempo, terceiro enquadrado, enquanto os homens de Donetsk não passavam das duas tentativas (uma com boa direcção).

O “cinismo” italiano ia ditando leis, e a questão ficou resolvida aos 74 minutos. Após mais uma rápida troca de bolas, e com os jogadores dos ucranianos a correrem atrás da bola, esta chegou a Lautaro Martínez que, com um remate colocado à entrada da área, bisou e colocou praticamente a formação de Milão na final da Liga Europa. Facto confirmado aos 78 minutos, com Romelu Lukaku a fazer o 4-0. No segundo tempo, o Inter fazia três golos em sete remates, seis com boa direcção.

Mas o Inter não se ficou por aqui. Aos 84 minutos, Lukaku bisou, ganhando em força e velocidade a um desamparado Davit Khocholava. Uma demonstração de poder do jogador belga, verdadeiramente imparável.

Lautaro Martínez 10.0 – Exibição portentosa do argentino, que atingiu a nota máxima nos ratings GoalPoint. O atacante inaugurou o marcador, com um belo golpe de cabeça, bisou no segundo tempo através de um remate colocado e terminou com números de grande nível: quatro remates enquadrados em quatro tentativas, uma assistência em dois passes para finalização, quatro dribles eficazes em seis e ainda três duelos aéreos ofensivos ganhos em quatro.

Mykola Matvyenko 5.0 – A única nota do Shakhtar que não terminou abaixo dos 5.0 iniciais. O lateral-esquerdo criou uma ocasião flagrante, completou 83 de 94 passes, sete de 11 longos e foi o jogador mais interventivo, com 116 acções com bola.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR