Joel gritou “o que é que FOooooi…” mas era tarde

O avançado Joel, do brasileiro Coritiba não terá ganho para o susto após comemorar a obtenção do terceiro tento frente ao S.Paulo. Repare como, na sequência do festejo, o jogador é “caçado” num dissimulado buraco, digno de uma verdadeira armadilha para ursos pardos. Não se faz, ainda por cima no próprio estádio? Um acidente que poderá servir de discutível exemplo a diversos clubes que queiram encurtar o plantel antes mesmo da próxima janela de mercado.