Novembro voltou, tal como nos dois anteriores, a fugir à norma, na hora de eleger o melhor jogador Liga NOS 18/19 do mês. Mais uma vez o melhor não pertence a nenhum dos “três grandes”. Após o destaque que mereceu o japonês Shoya Nakajima em Setembro/Outubro, desta feita o melhor foi o guardião vimaranense Douglas de Jesus. Uma “eleição”, com base no desempenho acumulado e reflectido nos GoalPoint Ratings, que vem premiar três jornadas verdadeiramente notáveis por parte do brasileiro, ao mesmo tempo que marca vários aspectos inéditos e relevantes na História deste “galardão”.

Os adeptos, sobretudo os vimaranenses, lembrar-se-ão, certamente, da exibição de Douglas na última jornada da Liga NOS, na visita do Vitória SC a casa do Chaves, algo que terá ajudado, sobremaneira, na forma esclarecedora como também os nossos seguidores “elegeram” Douglas como o melhor do mês. Aliás, o brasileiro recolheu mais do dobro dos votos de Bas Dost e Rafa Silva, os dois jogadores que escolhemos para colocar como “rivais” de Douglas na votação proposta. Contudo, o mês do guardião foi muito mais do que apenas aquela grande prestação em Trás-os-Montes, mantendo a sua baliza inviolada nos três desafios em análise. Não espanta, portanto, que Douglas se tenha tornado no primeiro guarda-redes a vencer a nossa distinção mensal.

Quem merece o MVP GoalPoint de Novembro 2018? 👑Deixa o teu voto/opinião, obrigado! 👍❤ Douglas de Jesus (Vitória Sport…

Publiée par GoalPoint.pt sur Mardi 4 décembre 2018

 

O ponto alto do mês de Douglas foi mesmo o jogo em Chaves. Nunca nenhum guarda-redes havia registado um GoalPoint Rating tão elevado na Liga NOS e houve motivos para isso. O 9.4 teve por base diversos momentos e acções de Douglas durante a partida que permitiram ao Vitória sair do encontro com os três pontos. Ao todo, o brasileiro registou oito defesas, cinco delas a remates desferidos dentro da área minhota, quatro deles direccionados aos ângulos superiores da baliza, registou uma saída a soco e uma saída pelo ar eficaz, e ainda criou uma ocasião flagrante de golo, algo não muito visto num jogador na sua posição. Aliás, Douglas é apenas o segundo guarda-redes a fazê-lo nesta Liga NOS 2018/19 – o primeiro foi o maritimista Amir Abedzadeh, na segunda jornada, em casa do Rio Ave.

Nos outros dois jogos do mês, o brasileiro voltou não deixar as redes da sua baliza balançarem. Se na jornada 10, na vitória caseira sobre o Santa Clara, Douglas apenas foi chamado a fazer uma defesa, o que explica o seu 5.6, já na nona jornada as dificuldades foram outras. Na visita ao Boavista, que terminou sem golos, o vimaranense registou um rating de 6.9, com três defesas, duas a remates dentro da sua grande área e duas saídas pelo ar eficazes.

Eficácia total entre os postes

Nos três jogos correspondentes a Novembro, Douglas foi o único guarda-redes a defender 100% dos remates enquadrados (12) que enfrentou, registo do qual apenas o boavisteiro Helton Leite se aproximou, com 92% (com igual número de defesas). No total, o vimaranense realizou 4,0 defesas a cada 90 minutos nestas três partidas, igualando o segundo registo mais alto nesta fase, apenas superado pelas 4,3 de Jhonatan Luiz, do Moreirense – entre jogadores com pelo menos 135 minutos disputados.

GoalPoint-Jogador-do-mes-Douglas-Vitoria-SC-Liga-NOS-Novembro-2018-infog
Clique para ampliar

Douglas, que já em Agosto esteve muito perto de encabeçar os melhores do mês – foi Pizzi o vencedor -, não brilhou só em Novembro. Neste momento é mesmo o guarda-redes da Liga portuguesa que mais defesas realizou até à 11ª jornada, nada menos que 44 – seguido por Léo Jardim (41), do Rio Ave, e Marco Pereira (40), do Santa Clara -, registando 78,6% de remates enquadrados defendidos, atrás somente do bracarense Tiago Sá (81%) e do belenense Muriel Becker (78,7%).

Douglas enfrentou apenas uma grande penalidade nesta Liga, logo na primeira jornada, na derrota por 3-2 em casa do Benfica, e travou-a, dando aí início a uma época que tem tudo para ser inesquecível – também já defrontou o FC Porto, fora de casa, registando uma bela exibição, a ponto de ser o melhor em campo, com um rating de 7.6.

O resumo do FC Porto-Vitória SC, em que Douglas foi o MVP

A completar a sua nona temporada no V. Guimarães, e a um jogo do compromisso 150 na Liga portuguesa, pode-se afirmar que Douglas atingiu agora o seu ponto mais alto em termos de desempenho.

Parabéns, Douglas!

Descubra neste link todos os Jogadores do Mês GoalPoint da Liga NOS.

Não perca amanhã o anúncio dos restantes dez magníficos que acompanham Douglas Jesus no “onze” GoalPoint Ratings de Novembro de 2018.