TotoRating BannerA Liga NOS 19/20 vai parar de novo, com jogos da Selecção Nacional e Taça de Portugal até ao final do mês. Tendo em conta que em Outubro registaram-se somente duas jornadas, tantas como em Novembro, e que a 12ª ronda vai terminar já em Dezembro, juntámos Outubro e Novembro para a eleição do Jogador e “Onze” do Mês, numa avaliação dos melhores desempenhos entre a 8ª e a 11ª jornadas, inclusive, com base nos GoalPoint Ratings. E começamos com o melhor a nível individual, entre jogadores que completaram mais de 240 minutos nesta fase.

Após o destaque dado a Rafa Silva no mês de Setembro, desta feita o jogador com melhor desempenho acumulado não pertence a nenhum dos “grandes”, algo que acontece pela segunda vez esta temporada – Fábio Martins venceu em Agosto. É ele o extremo do Sporting de Braga, Wenderson Galeno, jogador fundamental num período em que os minhotos começaram a encetar a recuperação na tabela classificativa, estando neste momento no nono lugar, mas somente a um ponto do quarto classificado.

GoalPoint-Wenderson-Galeno-Sporting-Braga-Jogador-mes-Outubro-Novembro-2019-infog
Clique para ampliar

O brasileiro esteve presente nos quatro encontros do Braga neste período, tendo realizado sempre exibições muito positivas. Uma regularidade que contribuiu para triunfos frente a Santa Clara e Vitória de Guimarães, este último jogo fora de portas, não conseguindo, porém, evitar derrota na visita ao Boavista e empate caseiro com o Famalicão, esta última uma partida em que se destacou como melhor em campo GoalPoint.

Galeno marcou três golos neste período, todos nas duas últimas rondas, dois deles precisamente na igualdade ante o “Fama”. Não tendo qualquer assistência neste período, pode-se dizer que o peso de Galeno no futebol “arsenalista” não incidiu somente na contribuição para golos, mas sim numa qualidade que há muito lhe é reconhecida: o drible. Nestes quatro jogos, o brasileiro somou 25 tentativas de drible e teve sucesso em 13 (52%), com realce para a nona jornada, na qual completou seis em sete, na casa do Boavista. Neste período, o extremo foi o jogador que mais tentou o drible, nada menos que 8,2 a cada 90 minutos, e foi também o atleta que o fez mais vezes com eficácia (4,2). No último terço, onde os desequilíbrios têm um maior impacto, Galeno foi também o mais activo no drible nestas quatro rondas, com 5,5, tendo registado o valor mais alto de “serpenteios” completos, 2,6.

No passe, Galeno destacou-se como o jogador que mais ocasiões flagrantes criou, a um ritmo de 1,0 a cada 90 minutos, demonstrativo da influência que o brasileiro tem nas acções ofensivas, a servir os seus companheiros.

GoalPoint-Braga-Famalicão-Liga-NOS-201920-MVP
Clique para ampliar

A melhor exibição de Galeno aconteceu na 10ª jornada. O Braga começou a perder com um Famalicão que cedo viu-se reduzido a dez jogadores (cartão vermelho a Roderick Miranda, aos nove minutos), e o brasileiro marcou dois golos de rajada, que prometiam garantir a reviravolta. Esta não aconteceu, pois os famalicenses ainda empataram perto do fim.

Nesta partida, o ex-FC Porto fez cinco remates, três deles enquadrados, tendo ainda realizado três passes para finalização (o máximo que conseguiu nestes quatro jogos) e tentado o drible em 11 ocasiões, com sucesso, contudo, em apenas quatro.

[O segundo golo de Galeno ao Famalicão, em jogo da 10ª jornada]

Realce ainda para a quantidade de cruzamentos, nada menos que nove, com sucesso em quatro – valor elevado, tendo em consideração que a taxa média de eficácia deste momento de jogo ronda os 20%, na Liga. Tudo isto garantiu-lhe um excelente GoalPoint Rating de 8.2.

GoalPoint-Portuguese-Primeira-Liga-2018-Wenderson-Galeno-infog
Clique para ampliar

Os bons números de Galeno não são, contudo, exclusivos das últimas quatro jornadas. O brasileiro é o segundo jogador – num universo de futebolistas com mais de 495 minutos na Liga NOS 19/20 – com mais tentativas de drible a cada 90 minutos, nada menos que 6,99, atrás apenas dos 8,40 do sadino Brian Mansilla, é o terceiro com mais dribles eficazes (3,14). E no último terço é o que mais tenta o gesto (4,71), liderando também nos completos (1,85).

Galeno ainda não soma qualquer assistência na Liga NOS, mas tendo em conta que o brasileiro é o oitavo jogador com mais ocasiões flagrantes criadas por cada 90 minutos (0,43), não espanta que essas comecem a surgir com regularidade, como se tem visto na Liga Europa. Tendo em conta que regista já quatro golos em dez jornadas, desconfiamos que, mantendo o nível, o brasileiro terminará a época como um dos mais influentes jogadores ofensivos da prova.

Parabéns Galeno!

Descubra neste link todos os Jogadores do Mês GoalPoint da Liga NOS.

Não perca, em breve, o anúncio dos restantes dez magníficos que acompanham Wenderson Galeno no “onze” GoalPoint Ratings de Outubro/Novembro de 2019!

Notas metodológicas:

  1. O GoalPoint Rating mensal é atribuído com base no desempenho consolidado de cada jogador no somatório dos minutos disputados ao longo do período em análise e não sobre a média de cada rating que lhe é atribuído em cada jogo.
  2. Os dados estatísticos de cada partida são auditados, até 48 horas após o término do jogo, pela Opta, o nosso provedor e parceiro estatístico. Tal revisão, que visa garantir a qualidade e fiabilidade para fins profissionais (vide mais informação em GoalPoint Pro), tem impacto nos dados de desempenho agregados dos jogadores e, consequentemente, o seu GoalPoint Rating acumulado.