Jogador do mês | Sérgio Oliveira, alma e coração do “dragão” 🔥

-

TotoRating Banner

A época do FC Porto tem sido uma “montanha-russa” de emoções, alternando entre resultados menos bons e exibições épicas como a registada em Turim, ante a Juventus. Um dos padrões consistentes da temporada dos “dragões” tem sido Sérgio Oliveira e os seus desempenhos ao longo destes meses, nas várias competições. O médio portista tem sido a alma e o coração do “dragão”, e também o seu cérebro, pelo que… tardou, mas não falhou.

O médio foi o Jogador do Mês GoalPoint Ratings de Março, confirmando (em números) o seu papel fundamental na equipa de Sérgio Conceição e a tradição de “crescer” nesta fase da época. Sérgio Oliveira já havia recebido a nossa distinção de MVP mensal em Março de 2016 e em Fevereiro de 2018, não se escondendo naquela que é, talvez, o período mais decisivo de cada temporada. Entre a 21ª e a 24ª jornadas da Liga NOS – jogadores com mais de 240 minutos cumpridos –, o portista registou o melhor rating, um apreciável 7.35, pelo que sucede ao Sportinguista Sebastián Coates, eleito em Fevereiro.

[ Os principais destaques do desempenho de Sérgio Oliveira nas quatro jornadas de Março ]

GoalPoint-Jogador-mes-Março-2021-Sergio-Oliveira-Porto-infog
Clique para ampliar

Ainda não revelámos o “onze” do mês, mas fica desde já assente que Sérgio Oliveira vai integrar essa equipa de melhores desempenhos nas últimas quatro rondas. Esta será a quarta presença do médio nos “onzes” mensais em 2020/21 e, mantendo este andamento, certamente não será a última.

Em Março, Sérgio fez dois golos, uma assistência e esteve nos melhores momentos ofensivos da sua equipa, com destaque para o peso que teve na importante vitória caseira ante o Paços de Ferreira, a equipa-sensação da prova, por 2-0, participando directamente nos dois golos. Oliveira é mesmo o melhor marcador do Porto esta temporada, incluindo na Liga, na qual soma 11 tentos, mais dois que o iraniano Mehdi Taremi.

No período em análise só por uma vez não rematou, no dérbi frente ao Sporting. De resto acumulou oito disparosquatro deles em Portimão -, tendo sido o médio que mais tentou alvejar a baliza nesta fase. E também no drible esteve impecável, totalizando 15 tentativas (máximo entre médios), 12 delas com sucesso (quinto valor mais alto entre todas as posições), números pouco vistos num médio com as suas características. Acções com bola fora, em média, foram 83,1, sendo este o quarto valor mais alto.

Números de excelência

[ As estatísticas acumuladas de Sérgio Oliveira na Liga NOS 20/21 ]

GoalPoint-Portuguese-Primeira-Liga-2018-Sérgio-Oliveira-5-infog
Clique para ampliar

Esta terça-feira publicámos um “onze” composto apenas por jogadores portugueses, com os melhores desempenhos acumulados por posição, com base nos GoalPoint Ratings. E Sérgio Oliveira só podia integrar este lote. O médio do Porto leva 11 golos e cinco assistências no campeonato, o que, olhando para os tentos apontados pelos “azuis-e-brancos” esta temporada enquanto o médio esteve em campo, correspondem a um peso efectivo de 37% nesses lances.

[ Todos os passes para finalização (esquerda) e dribles (azuis os completos) de Sérgio Oliveira na Liga 20/21 ]

Entre médios-centro da Liga NOS, Oliveira é o que apresenta uma melhor melhor média de remates (2,3) e enquadrados (1,0) por 90 minutos e é o terceiro médio em passes para finalização (2,0) e o que regista mais ocasiões flagrantes criadas (0,4). E a forma intensa como participa no futebol do Porto encaixa na perfeição na ideia de “patrão” da equipa. Entre portistas – e com mais de 1080 minutos de utilização -, Oliveira é o segundo com mais acções com bola, 79,8, atrás apenas das 80,5 de Otávio Monteiro.

Pesadelo para o Paços

[ Os statscards das exibições de Sérgio Oliveira nas quatro rondas em análise ]

Nas quatro jornadas em análise, Sérgio Oliveira foi por duas vezes o MVP das partidas. A primeira na tranquila vitória portista em casa do Gil Vicente, e a segunda, logo na jornada seguinte, na recepção ao Paços de Ferreira, no jogo grande da 22ª jornada da Liga NOS 20/21. O rating de 8.8 reflecte uma exibição completa do médio, que contribuiu para a perda de controlo do meio-campo por parte dos “castores”, alvos fáceis da pressão alta dos “dragões”.

Os golos foram marcados com a diferença de um minuto. O primeiro assistência de Sérgio Oliveira, um canto da esquerda que Pepe desviou com sucesso ao primeiro poste. O segundo, embora com colaboração do guarda-redes Jordi, aconteceu na sequência de um forte pontapé do médio de fora da área, que o brasileiro do Paços não conseguiu segurar.

[ O golo de Sérgio ao Paços de Ferreira ]

.

Parabéns Sérgio!

Descubra neste link todos os Jogadores do Mês GoalPoint da Liga NOS.

Não perca, em breve, o anúncio dos restantes dez magníficos que acompanham Sebastián Coates no “onze” GoalPoint Ratings de Março de 2021!

Notas metodológicas:

  1. O GoalPoint Rating mensal é atribuído com base no desempenho consolidado de cada jogador no somatório dos minutos disputados ao longo do período em análise e não sobre a média de cada rating que lhe é atribuído em cada jogo.
  2. Os dados estatísticos de cada partida são auditados, até 48 horas após o término do jogo, pela Opta, o nosso provedor e parceiro estatístico. Tal revisão, que visa garantir a qualidade e fiabilidade para fins profissionais (vide mais informação em GoalPoint Pro), tem impacto nos dados de desempenho agregados dos jogadores e, consequentemente, o seu GoalPoint Rating acumulado.
GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.