O Benfica recebeu domingo o Desportivo das Aves em jogo a contar para a Jornada 5 da Liga NOS e, apesar de se terem visto apenas dois golos, assistiu-se a um festival de futebol ofensivo pouco visto por estas paragens.

GoalPoint-Benfica-Aves-LIGA-NOS-201819-90m
Clique para ampliar

Ao todo foram 38 os remates somados pelas duas equipas, sendo que 68% dos mesmos couberam às “águias”… do Sul. Olhando aos registos históricos da Liga NOS, é preciso recuar até à época 2015/2016, mais precisamente ao jogo entre Marítimo e Arouca no Funchal, para encontrar um jogo da Liga NOS que tenha superado esta marca nos últimos… 883 dias. Na altura foram 45 os disparos totais, sendo que curiosamente foi o Arouca, com 11 disparos apenas, que trouxe os três pontos para o Continente.

No caso do jogo da Luz, foi mesmo a equipa mais perigosa que venceu o jogo, o que se torna bastante fácil de perceber analisando a localização dos remates de cada um dos conjuntos.

GoalPoint-Benfica-Aves-Remates-Grafico
Clique para ampliar

No caso dos avenses, apenas dois dos 12 remates foram feitos dentro da área, enquanto o Benfica somou 14, mais de metade do seu total.

Salvio, com sete remates, e Seferovic, com seis, foram os principais responsáveis por este registo superlativo, mas mérito também para Pizzi, que assistiu sete dos 20 remates do Benfica que foram precedidos de um passe. Este é também um novo registo máximo da Liga NOS 18/19, visto que até à data o máximo de passes para finalização conseguido por um jogador num jogo tinham sido seis.