A 23ª jornada da Liga NOS terminou com a vitória do Sporting no terreno do Tondela, por 2-1, e é precisamente o emblema de Alvalade que coloca mais jogadores no “onze” da 23ª jornada, tendo por base os GoalPoint Ratings. O “leão” não goleou ou ofereceu uma exibição exuberante, mas produziu o suficiente para colocar três jogadores na selecção da semana, entre eles o autor do golo decisivo, mas também Bruno Fernandes – que regressa após três jornadas de ausência e reassume o recorde de presenças em 2017/18.

Isto tudo numa ronda com apenas um estreante, Tiquinho Soares, estrela do FC Porto que goleou o Rio Ave por 5-0. E com ele surge o colega Sérgio Oliveira, presente nas últimas três equipas da ronda. É caso para dizer que Oliveira ganhou-lhe o gosto, tal como Ricardo Esgaio. O Braga também goleou por 5-0, em Guimarães, e o bracarense surge nos nossos “onzes” pela terceira vez nas últimas quatro jornadas, e repete a da 22ª.

Quanto ao Benfica, que bateu o Boavista na Luz por 3-0, coloca dois elementos. Um deles é Rúben Dias, com a segunda presença em três semanas. O central voltou a marcar e continua a destacar-se num detalhe: é um de dois centrais a nível europeu que ainda não foi driblado esta temporada na respectiva Liga.

Mas vamos aos craques em destaque nesta ronda:

GoalPoint-onze-Liga-NOS-201718-J23-infog
Clique para ampliar

 

Vágner (Boavista) 6.7 – O Benfica venceu 3-0 em casa ante o Boavista e o melhor dos “axadrezados” foi o seu guarda-redes. O brasileiro travou uma grande penalidade apontada por Jonas e terminou com um total de seis defesas, o máximo da jornada, evitando males (ainda) maiores.

E. Hackman (Portimonense) 7.3 – Os algarvios estão a realizar uma época notável e, no triunfo por 3-1 em casa do Feirense, o lateral-direito voltou a estar em grande destaque. Foi o melhor em campo, com uma assistência em dois passes para finalização, seis desarmes, sete alívios e quatro duelos aéreos ganhos em cinco, e surge no nosso “onze” pela segunda vez nas últimas quatro jornadas.

Rúben Dias (Benfica) 7.1 – O central do Benfica está a atravessar um grande momento. Frente ao Boavista marcou o seu segundo golo na Liga NOS e terminou como um dos melhores em campo, com seis alívios e três foras-de-jogo provocados.

Sebastián Coates (Sporting) 7.0 – O Sporting estava à beira de perder dois pontos, mas o central subiu ao ataque e fez, nos últimos instantes, o golo do triunfo leonino em Tondela. Um tento que surgiu após três remates, dois deles enquadrados, mas o uruguaio ganhou ainda sete de 12 duelos aéreos e realizou oito alívios.

Álex Grimaldo (Benfica) 7.3 – O espanhol está a ganhar cada vez mais consistência e realizou um belo jogo ante o Boavista, sendo mesmo o melhor em campo. A partir do flanco esquerdo Grimaldo fez três passes para finalização, mas esteve particularmente competente a defender, com seis intercepções, cinco alívios e oito recuperações de posse.

Sérgio Oliveira (FC Porto) 7.8 – O médio portista tomou-lhe o gosto. Após um arranque de época de pouca utilização, Sérgio Oliveira tem estado em grande destaque e surge pela terceira vez consecutiva no nosso “onze”. Frente ao Rio Ave fez um golo, teve sucesso nas duas tentativas de drible e, a defender, registou seis desarmes.

Bruno Fernandes (Sporting) 7.0 – Após uma ausência de três jornadas, Bruno Fernandes está de regresso aos nossos “onzes”, registando agora dez presenças, mais uma que Alex Telles. Frente ao Tondela, o médio tentou o remate em seis ocasiões, enquadrando dois deles, fez dois passes para finalização, teve sucesso nas duas tentativas de drible e colocou 11 vezes a bola na área contrária.

Ricardo Esgaio (Sp. Braga) 7.2 – Excelente a temporada de Esgaio, que consegue a terceira presença em quatro jornadas, num total de cinco “chamadas” aos nossos “onzes”. O ala foi o melhor em campo na goleada do Braga sobre o V. Guimarães, com um golo, duas assistências em três passes para finalização e ainda três desarmes.

Marcos Acuña (Sporting) 7.8 – O canhoto do Sporting foi o melhor em campo no triunfo sobre o Tondela. Não marcou qualquer golo, é certo, mas realizou extraordinários sete passes para finalização, o máximo da jornada, dos quais saíram uma assistência e duas ocasiões flagrantes. Teve ainda sucesso nas três tentativas de drible e fez 12 cruzamentos, quatro deles eficazes.

Maurides (Belenenses) 7.7 – O homem dos duelos aéreos voltou a destacar-se neste aspecto, com quatro ganhos em sete. Mas o brasileiro brilhou sim nos golos, ao apontar os dois do Belenenses em casa do Estoril, em três remates.

Tiquinho Soares (FC Porto) 7.9 – A grande figura da goleada do FC Porto sobre o Rio Ave e o melhor jogador da 23ª jornada da Liga NOS. Soares fez dois golos em quatro remates, dois enquadrados, registou uma assistência em dois passes para finalização e sofreu cinco faltas. Parece estar a recuperar a confiança demonstrada na época passada.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-23-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 23ª jornada da Liga NOS 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J23STATGPRMVP
1-3
0-0
4-0
0-2
0-1
1-0
5-0
0-5
1-2