A 25ª jornada da Liga NOS ficou marcada por um escaldante “clássico” entre FC Porto e Sporting, que os “dragões” venceram por 2-1. Como é hábito (embora haja excepções), esse facto nota-se claramente no nosso “onze” da jornada. Aquando de “clássicos” ou dérbies, geralmente os ratings dos jogadores participantes não atingem valores elevados, devido ao equilíbrio que costuma caracterizar estas partidas. Assim, não temos jogadores de Porto ou Sporting nesta nossa equipa. Ao invés, encontramos três do Benfica, pois os campeões nacionais golearam o Marítimo por 5-0, com algumas exibições individuais de relevo. Mas também dois atletas do Braga e outros tantos do Desportivo das Aves.

As “águias” realizaram uma bela partida no Estádio da Luz, com Jonas a marcar três golos, Zivkovic a mostrar grande qualidade e Grimaldo a recuperar a sua melhor forma. Jonas, por seu turno, aproveitou as ausências de Bruno Fernandes (Sporting) e Alex Telles (FC Porto) para igualar o jogador leonino como o jogador com mais presenças nas nossas equipas, com dez.

Na Amoreira, o Braga goleou o Estoril por 6-0, pelo que não espanta o facto de os “arsenalistas” colocarem dois atletas nas nossas escolhas, o mesmo acontecendo com o Aves, que bateu o surpreendente Portimonense por 3-0. E esta semana, apesar do avançado da época, temos ainda três estreias no nosso “onze”, e dois repetentes em relação à ronda anterior.

Confira os craques:

GoalPoint-onze-Liga-NOS-201718-J25-infog
Clique para ampliar

 

Mário Felgueiras (P. Ferreira) 7.3 – Os pacenses perderam por 2-0 em Moreira de Cónegos, mas não fosse o seu guarda-redes e o resultado poderia ter sido pior. Mário Felgueiras realizou cinco defesas, algumas importantes, quatro delas a remates dentro da grande área, e ainda uma saída pelo solo (eficaz). Uma estreia nas nossas escolhas esta temporada.

Rodrigo (D. Aves) 7.9 – O Aves tem estado a recuperar na tabela e não perdeu nenhum dos últimos cinco jogos, tendo mesmo ganho três deles. O último, um triunfo por 3-0 sobre o Portimonense. O seu lateral-direito, Rodrigo Soares, foi o melhor em campo, pois marcou um golo, fez dois passes para finalização e ainda realizou seis desarmes. Outra estreia nas nossas equipas.

Diego Galo (D. Aves) 6.4 – O seu colega de defesa, Diego Galo, surge pela segunda vez nos nossos “onzes”. Frente ao Portimonense, o central foi um esteio defensivo, registando 13 acções defensivas, entre elas sete intercepções e quatro alívios. E ainda ganhou três duelos aéreos em cinco.

Ricardo Costa (Tondela) 7.0 – O Tondela bateu uma das equipas em melhor forma neste campeonato, o Desportivo de Chaves, por 2-0. O veterano central Ricardo Costa foi o segundo melhor em campo, tendo marcado um golo. Na retaguarda somou dez acções defensivas.

A. Grimaldo (Benfica) 6.7 – O lateral espanhol está em grande forma e, frente ao Marítimo, foi um dos jogadores que mais contribuiu para a exibição vistosa na primeira parte. Grimaldo marcou um golo, em dois remates, fez dois passes para finalização, teve sucesso em dois de três cruzamentos e esteve sempre muito activo, com 94 acções com bola.

Babanco (Feirense) 7.5 – Excelente exibição do Feirense em casa frente ao Boavista, que lhe permitiu alcançar um triunfo por 3-0. O melhor em campo foi o médio-defensivo Babanco, que já havia integrado o nosso “onze” na primeira jornada de 2017/18. O jogador marcou um golo, no único remate que realizou, fez três desarmes e ganhou os cinco duelos aéreos que disputou.

Alfa Semedo (Moreirense) 8.0 – O médio do Moreirense realizou um grande jogo frente ao Paços de Ferreira. Para além do golo que marcou, em dois remates (ambos enquadrados), Semedo ganhou cinco de sete duelos aéreos, recuperou oito vezes a posse de bola e fez seis intercepções.

Zivkovic (Benfica) 8.6O melhor jogador da jornada. Se Jonas marcou três golos, foi em Zivkovic que o Benfica assentou o seu futebol – que foi, a espaços, empolgante, em especial na primeira parte. O sérvio marcou um golo (e que golo), em três remates (dois enquadrados), realizou uma assistência em duas ocasiões flagrantes criadas, teve sucesso em três de quatro tentativas de dribles e registou uma eficácia de passe de 93%. Estreia absoluta nas nossas equipas esta temporada.

Ricardo Horta (Sp. Braga) 7.7 – Um dos repetentes da jornada anterior. O médio bisou na goleada ao Estoril, em cinco remates (dois enquadrados), e fez também duas assistências em três passes para finalização – esteve, portanto, envolvido em quatro dos seis golos bracarenses. No entanto, Horta falhou uma ocasião flagrante, o que lhe penaliza o rating.

Paulinho (Sp. Braga) 8.1 – A grande figura do Braga na visita ao Estoril. O avançado bisou, em quatro remates (dois enquadrados), criou uma ocasião flagrante em dois passes para finalização e ajudou na defesa, com três alívios.

Jonas (Benfica) 8.0 – Mais um jogo de grande nível de Jonas. O brasileiro fez três golos ao Marítimo e chegou aos 30 na Liga NOS 2017/18. Para além disso, o ponta-de-lança terminou a partida com um registo de cinco remates (três enquadrados). Só não atingiu um rating mais elevado porque não teve outros contributos relevantes para além dos já referidos. Mesmo assim, não é pouco.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-25-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 25ª jornada da Liga NOS 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J25STATGPRMVP
2-1
3-0
5-0
0-6
2-0
2-0
1-0
0-0
3-0