O campeão nacional está encontrado. O FC Porto conquistou o seu 28º título à 33ª jornada, “no sofá”, na sequência do empate sem golos entre os dois rivais lisboetas, Sporting e Benfica, no grande dérbi da ronda. Após a confirmação do feito, os portistas receberam o Feirense no “dragão”, no jogo de consagração, e venceram por 2-1. Uma partida que valeu, sobretudo, pela grande festa dos adeptos portistas e pela entrega do troféu.

Esta ronda de jogos teve também o condão de confirmar a permanência de diversas equipas no primeiro escalão, sendo o caso mais notório o do Desportivo das Aves, pela forma como o conseguiu, graças a uma excelente vitória por 3-0 em casa do Moreirense. Uma exibição que valeu a presença de dois jogadores dos avenses no nosso “onze” da jornada, com base nos GoalPoint Ratings. Aliás, esta é uma semana com muitas equipas representadas, nada menos que sete, sendo que várias emprestam dois jogadores – casos de Aves, como já referimos, FC Porto, Belenenses, e Desportivo de Chaves. Sporting e Benfica, pelo facto de se terem defrontado, não apresentam nenhum nome no nosso “onze” (algo já habitual nestes casos, pelo equilíbrio destas partidas).

Esta semana temos quatro estreantes absolutos em 2017/18 e, espante-se, Alex Telles não faz parte das escolhas, embora continue a liderar, com 13 “chamadas”, podendo apenas ser igualado por Bruno Fernandes, caso o médio leonino brilhe na derradeira jornada da competição e o portista não. Destaque, igualmente, para os dois extremos desta nossa equipa, dois “Desportivos” que realizaram exibições de relevo e surgem com ratings muito elevados, acima de 8.0.

GoalPoint-onze-Liga-NOS-201718-J33-infog
Clique para ampliar

Cássio (Rio Ave) 6.8 – Os vilacondenses igualaram a sua melhor classificação de sempre na Liga portuguesa, o quinto lugar, e bem podem agradecer a Cássio. O guarda-redes segurou o nulo na visita a Paços de Ferreira, no derradeiro jogo da jornada, graças a quatro defesas, uma saída pelo solo eficaz e dois duelos aéreos ganhos.

Ricardo Pereira (FC Porto) 7.2 – Mais um grande jogo de Ricardo Pereira. O lateral portista foi um dos esteios da equipa portista esta temporada e, no jogo de consagração, criou uma ocasião flagrante em dois passes para finalização, registou um drible eficaz na área contrária, ganhou 12 de 18 duelos individuais e registou nove desarmes, o máximo da jornada.

Diego Reyes (FC Porto) 6.6 – O mexicano jogou a central, apenas 67 minutos, é certo (saiu lesionado), mas fez o suficiente para ser um dos dois melhores na posição esta jornada. Para além de ter completado 93% dos seus passes, ganhou os três duelos aéreos que disputou e registou sete alívios. Estreia esta época nos nossos “onzes”.

Sasso (Belenenses) 6.1 – Excelente jogo defensivo de Sasso ante o Portimonense. O central do Restelo foi o mais interventivo na partida, com 80 acções com bola, e ganhou 13 de 19 duelos, sete aéreos (de 12). Recuperou ainda 11 vezes a posse de bola e completou dez acções defensivas. Uma estreia nas nossas equipas esta época.

Jefferson (Sp. Braga) 6.7 – Não é Alex Telles, é Jefferson, outro lateral-esquerdo a realizar uma época de grande nível. O Sp. Braga empatou em casa com o Boavista, e o brasileiro foi o melhor em campo, com uma assistência em sete passes para finalização (máximo da jornada), cinco cruzamentos eficazes em dez e 14 vezes a bola colocada na área adversária.

Tissone (D. Aves) 6.9 – Primeira vez de Tissone nas nossas equipas. Na grande exibição do Aves em Moreira de Cónegos, o médio-defensivo esteve em todas, ao marcar um golo e ao registar oito acções defensivas, entre elas quatro alívios.

Pedro Tiba (D. Chaves) 7.2 – Quinta presença de Pedro Tiba nos nossos destaques. O médio flaviense está a realizar uma época de excelente nível e, na recepção ao Marítimo, foi o segundo melhor em campo, com mais um golo, o seu oitavo em 2017/18, uma ocasião flagrante criada, dois dribles eficazes em três tentativas e dez recuperações de posse.

Matheus Pereira (D. Chaves) 8.5 – Um dos grandes jogadores da jornada e o segundo jogador do Chaves. Matheus está a fazer uma época extraordinária, como atestam os números, e, frente ao Marítimo, marcou dois golos em quatro remates, fez uma assistência em quatro passes para finalização e foi a tempo de realizar oito recuperações de posse. Um caso sério.

Nildo Petrolina (D. Aves) 8.6 O melhor jogador da jornada. O brasileiro fez um golo em três remates ante o Moreirense, todos enquadrados, realizou as assistências para os outros dois tentos do Aves e ainda somou quatro acções defensivas. Uma grande exibição.

Maurides (Belenenses) 6.9 – O ponta-de-lança brasileiro vai já em oito golos no campeonato e, no triunfo do Belenenses ante o Portimonense, por 3-2, bisou na partida, em cinco remates, quatro deles enquadrados. Como sempre, esteve muito activo nos duelos aéreos, ganhando seis de 12.

Rafael Martins (V. Guimarães) 7.2 – O último estreante da jornada. O avançado do V. Guimarães está, finalmente, a mostrar serviço, tendo marcado dois dos quatro golos com que os vimaranenses bateram o Tondela, fora de portas. O brasileiro rematou quatro vezes, duas delas enquadradas, fez dois passes para finalização e ganhou uma grande penalidade.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-33-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 33ª jornada da Liga NOS 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J33STATGPRMVP
1-1
3-2
1-4
0-0
0-3
2-1
4-1
2-1
0-0