Liga NOS 17/18 | O “onze” da 15ª jornada ⭐

-

A Liga NOS completou a sua 15ª jornada, a última de 2017, e a derradeira antes do grande jogo entre Benfica e Sporting, marcado para 3 de Janeiro de 2018. Até lá, a certeza de que entre os “três grandes”, a luta pelo título mantém-se acesa, pois nada mudou no topo da tabela na ronda antes do fim do ano.

Meio-campo “turbinado”

Numa jornada que teve goleada do Benfica e a primeira vitória do Estoril desde Agosto, o nosso “onze”, com base nos GoalPoint Ratings, tem jogadores de seis equipas diferentes, sendo o mais representado o FC Porto, que bateu o Marítimo no Dragão por 3-1 e coloca três nomes nesta nossa selecção. Seguem-se o Benfica – que goleou o Tondela -, o Sporting de Braga – que bateu o Belenenses – e o Desportivo das Aves, com dois elementos cada. O Aves perdeu no Estoril, é certo, mas teve uma boa prestação, em especial o veteraníssimo Quim.

Realce para o facto de apenas um jogador nesta nossa eleição ter ficado abaixo dos 7.0, o que denota uma jornada com boas exibições individuais. Aliás, quatro elementos tiveram mais de 8.0 e um ultrapassou os 9.0. No que toca aos “tops” da jornada, no final deste nosso artigo, o realce vai para o facto de seis dos dez registos máximos terem acontecido no mesmo jogo.

Mas nada como conferir os nossos craques da jornada, sendo que nenhum repete a presença da ronda anterior.

GoalPoint-onze-Liga-NOS-201718-J15-infog
Clique para ampliar

 

Quim (D. Aves) 7.4 – O cada vez mais jovem Quim, de 42 anos, foi o melhor guarda-redes da ronda. Ao realizar oito defesas, o máximo da jornada, evitou males maiores para o Aves, que ainda assim perdeu no Estoril. Das oito defesas, cinco foram realizadas a remates de dentro da sua grande área.

Ricardo Pereira (FC Porto) 7.2 – A terceira presença do jovem luso. Num jogo em que alternou com Maxi as tarefas no flanco direito, Ricardo só foi batido no rating por Marega. Criou uma ocasião flagrante, ganhou nove de 16 duelos, recuperou a posse em nove ocasiões e realizou cinco desarmes, não tendo falhado nenhuma tentativa.

Raúl Silva (Sp. Braga) 6.8 – O central goleador do Braga está em crescendo e surge também pela terceira vez nesta nossa selecção. Foi o único jogador neste “onze” abaixo dos 7.0, é certo, mas ainda assim representa um rating elevado, fruto de um golo em dois remates, 94% de eficácia de passe e oito acções defensivas.

Halliche (Estoril Praia) 7.1 – O Estoril tem por hábito colocar jogadores nestes nossos “onzes”, mas desta vez não está Lucas Evangelista. O central Halliche estreia-se em absoluto e é o representante do emblema “canarinho”, graças ao excelente jogo ante o Aves. O argelino destacou-se sobretudo na retaguarda, com 16 acções defensivas, seis delas alívios.

Alex Telles (FC Porto) 7.2 – De Alex Telles já quase tudo foi dito, e voltou a estar a grande nível ante o Marítimo. Para além de uma assistência, o brasileiro realizou sete passes para finalização e cinco intercepções (ambos máximos da jornada), tentou o cruzamento dez vezes, três com sucesso, e colocou a bola em 18 ocasiões na área contrária.

Paulo Machado (D. Aves) 8.3 – Grande jogo do médio-defensivo. A sua equipa perdeu no Estoril, é certo, mas Machado fez os dois golos do Aves, nos dois remates que realizou, e ainda seis desarmes e recuperou a bola nove vezes.

Pizzi (Benfica) 9.2 – O melhor jogador da jornada, com o quarto melhor rating da temporada. O médio benfiquista integra estes nossos “onzes” pela sexta vez, fruto de uma exibição a lembrar as da época passada. Aos dois golos que marcou, Pizzi juntou uma assistência em cinco passes para finalização, oito recuperações de posse e o máximo de passes certos da jornada, 92. E ainda bateu o recorde da época de acções com bola.

Bruno Fernandes (Sporting) 8.3 – O “leão residente” destas nossas equipas já vai na sétima presença, número apenas igualado por Jonas. O médio foi o melhor em campo no triunfo sportinguista ante o Portimonense, com um um golo em quatro remates (três enquadrados), uma assistência em quatro passes para finalização e sete recuperações de posse.

Salvio (Benfica) 8.2 – Um vislumbre do melhor Salvio, que está a fazer uma das melhores épocas no Benfica no que toca a produção ofensiva. Frente ao Tondela, o argentino fez um golo em dois remates, uma assistência em dois passes para finalização, tentou sete vezes o drible, duas com sucesso, e ainda realizou três desarmes.

Fábio Martins (Sp. Braga) 7.5 – O extremo do Braga vai mostrando momentos de grande brilhantismo, mesmo que a maioria das vezes suceda quando sai do banco de suplentes. Porém, na goleada ao Belenenses, foi titular e o melhor em campo, com um golo em três remates, um passe para finalização, cinco desarmes e cinco faltas sofridas.

Moussa Marega (Porto) 7.8 – Grande jogo do maliano ante a sua antiga equipa. Marega fez dois golos em cinco remates (dois enquadrados), um passe para finalização e teve sucesso em quatro de nove tentativas de drible.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-15-LIGA-NOS-201718-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 15ª jornada da Liga NOS 17/18, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J15STATGPRMVP
1-2
1-0
3-2
4-0
1-1
2-0
1-5
2-1
3-1

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR