Liga NOS | O XI GoalPoint de Dezembro 2019 ⭐

-

A  eleição do melhor jogador do mês de Dezembro foi, talvez, a mais renhida de sempre, com uma diferença de apenas 0.006 pontos a separar Carlos Vinícius 7.677 de Marcus Edwards 7.671! O brasileiro acabou por levar a melhor, assim como outros três colegas seus, que lhe fazem companhia neste “onze”.

Um deles é Pizzi, pois claro, que tal como Bruno Fernandes igualou Fábio Martins com três presenças nestas eleições mensais. O Famalicão atravessa a pior fase da época e, desta feita, não conseguiu colocar nenhum jogador neste lote, ao contrário do Vitória de Setúbal, que se estreia logo com dois jogadores.

Mas passemos a conhecer o que elegeu estes craques.

GoalPoint-Onze-Mes-Dezembro-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

  • Giorgi Makaridze (Vitória FC) 6.55 – Com a chegada de Julio Velázquez ao Bonfim, o georgiano passou a sofrer mais golos, mas também a ter bastante mais oportunidades para brilhar. Em Dezembro foi o terceiro guarda-redes que mais defesas realizou (11), uma delas de grande penalidade, e foi também o terceiro mais eficaz, com 79% de remates enquadrados defendidos.
  • Sílvio (Vitória FC) 6.25 – O outro representante “do Sado” é o ex-lateral do Benfica. Totalmente recuperado das graves lesões que o apoquentaram, Sílvio tem mostrado esta temporada que, aos 32 anos, ainda está aí para “as curvas”. Em Dezembro destacou-se sobretudo nos números defensivos, com 3,0 desarmes, 2,3 intercepções e 1,7 alívios por jogo, tendo ainda vencido 63% dos duelos aéreos defensivos que disputou.
  • Jadson (Portimonense) 7.03 – Que grande mês teve o capitão do Portimonense. O golo do empate contra o Rio Ave ficou na retina, mas há muito mais para contar. Foi o segundo central que mais desarmou (2,7 / 90m) tendo sido driblado apenas uma vez, e registou igual média de intercepções. Pelo ar foi intransponível (100% de eficácia nos duelos) e ainda conseguiu três recuperações de posse no terço intermédio, a cada jogo.

  • Steven Vitória (Moreirense) 6.36 – Regressado ao futebol português, continua a mostrar acerto na marcação de grandes penalidades e em Dezembro também facturou de livre directo. Tal como Jadson, mostrou ainda um assinalável poder nos duelos aéreos defensivos, tendo vencido seis dos sete que disputou (86%).
  • Álex Grimaldo (Benfica) 6.46 – Estranhamente para o que é seu hábito, marca presença pela primeira vez esta temporada em “onzes” mensais. Em Dezembro fez duas assistências para golo e completou oito dribles, com eficácia de 67%, para além de ter tido a melhor eficácia de passe (84%) entre jogadores da sua posição.
  • Adel Taarabt (Benfica) 6.77 – Uma nomeação que há apenas um ano parceria completamente utópica, sobretudo nesta posição. Recuperado por Bruno Lage, o marroquino tem deliciado os adeptos “encarnados” com uma imensa qualidade no passe longo (73% de eficácia), brilhantes pormenores no drible (oito completos em 12 tentativas), mas também uma enorme entrega a nível defensivo. Só dois médios completaram mais desarmes ou interceptaram mais passes em Dezembro.
  • Pizzi (Benfica) 7.51 – Está a atravessar um dos melhores momentos da carreira. Em Dezembro marcou três golos e fez três assistências, numa incrível média de uma acção directa para golo a cada 44 minutos.

  • Bruno Fernandes (Sporting) 7.46 – Participou em menos golos do que Pizzi (“apenas” três), mas registou números incríveis, como os 15 passes para finalização em apenas três jogos, três deles com passes de ruptura. Quando descai paras as alas é exímio no cruzamento (44% de eficácia) e no um-para-um também são poucas as tentativas que saem goradas (71% de eficácia).

  • Marcus Edwards (Vitória SC) 7.67 – Está-se a pôr a jeito para ser uma das grandes revelações da época em Portugal. O extremo que chegou a ser apelidado de “Messi inglês” mostrou exactamente o porquê da alcunha, com dois golos e duas assistências em três jogos, mas também com a média de cinco dribles eficazes por jogo, e eficácia de 65%. A continuar assim o Vitória fará um grande negócio.

  • Tecatito Corona (Porto) 7.05 – Cada vez mais é “pau para toda a obra” no “onze” do Porto. Na direita, na esquerda ou a lateral, o nível é quase sempre elevadíssimo e este mês ofereceu duas “prendas” aos colegas. A eficácia que apresenta no drible é algo raro a este nível, e em Dezembro teve sucesso em 80% das tentativas, ou 78% dentro do último terço, para além de ainda ter conquistado 2,6 faltas a cada 90 minutos.
  • Carlos Vinícius (Benfica) 7.68 – Pela primeira vez teve uma boa sequência de jogos e passou de menção honrosa a “titular”. Cinco golos e duas assistências são números absolutamente impressionantes, sobretudo se tivermos em conta que tocou apenas 18,3 vezes na bola a cada 90 minutos. É, por isso, o Jogador do Mês de Dezembro, cujos detalhes do desempenho pode consultar aqui.

Menções honrosas

Entre os melhores neste período, mas que, por uma ou outra razão, não couberam neste “onze”, estão estes craques:

  • Diogo Gonçalves (Famalicão) 7.32 – Ia lançadíssimo para lutar por um lugar no “onze”, mas foi obrigado a falhar o jogo do Benfica por estar emprestado.
  • Zé Luís (Porto) 7.20 – Marcou um dos golos mais bonitos do campeonato, mas só teve 144 minutos de utilização.
  • Mamadou Loum (Porto) 7.15 – Também podia ter sido o segundo representante do Porto no “onze”, mas perdeu o lugar para Uribe na Jornada 14 e não somou os minutos necessários.
  • Carraça (Boavista) 6.60 – Tinha média para entrar a titular em qualquer uma das laterais, mas acabou por falhar a deslocação à Madeira.
  • Stefan Ristovski (Sporting) 6.43 – Recuperou da lesão, conquistou o lugar a Rosier e mostrou que está uns furos acima do francês.
  • Ygor Nogueira (Gil Vicente) 6.34 – Ficou a apenas duas centésimas de Steven Vitória, num mês em que não foi driblado uma única vez.

Parabéns aos eleitos!

Descobre os anteriores “onzes” do mês GoalPoint neste link.

Nota metodológica: O “onze” foi elaborado de acordo com o GoalPoint Rating médio dos jogadores que cumpriram mais de 180 minutos na Liga NOS, no período em questão.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR