Num sábado dominado pela Premier League e pela Serie A italiana, o destaque vai todo para a goleada do Liverpool em casa, ante o Arsenal por esclarecedores 5-1. Um resultado que amplia para nove os pontos de vantagem dos “reds” sobre o segundo classificado, o Tottenham, que perdeu no seu reduto, o Estádio de Wembley, por 3-1 com o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo.

Este foi, igualmente, um dos destaques da ronda em Inglaterra. Mas o dia foi também de Cristiano Ronaldo. O português voltou a brilhar pela Juventus, com dois golos na vitória sobre a Sampdória.

“Reds” imparáveis

GoalPoint-Liverpool-Arsenal-English-Premier-League-201819-Ratings
Clique para ampliar

Grande jogo em Anfield, na partida mais mediática da 20ª jornada da Liga inglesa. O Arsenal até começou melhor, ao marcar logo aos 11 minutos, por Ainsley Maitland-Niles. Porém, a resposta dos homens da casa foi rápida e avassaladora, com Roberto Firmino (2), Sadio Mané e Mohamed Salah a colocarem o resultado em 4-1 para os “reds” antes do descanso. No segundo tempo só houve mais um golo, por parte de Firmino. O brasileiro foi a grande figura da partida, ao facturar por três vezes, registando uma extraordinária eficácia de remate – cinco disparos, quatro enquadrados.

“Lobos” gelam Wembley

GoalPoint-Tottenham-Wolves-English-Premier-League-201819-90m
Clique para ampliar

Um dos resultados mais surpreendentes da ronda aconteceu em Wembley, casa emprestada do Tottenham. Os londrinos marcaram primeiro, por Harry Kane, mas os comandados de NES foram implacáveis, marcando três golos. O primeiro, do ex-Braga e Porto, Willy Boly, teve assistência de João Moutinho. O 2-1 para os forasteiros foi apontado pelo ainda benfiquista Raúl Jiménez, a passe de outro homem saído da Luz, Ivan Cavaleiro. O resultado final foi fixado por outro ex-Benfica, Hélder Costa, perto do fim de um jogo em que os da casa até dominaram, mas os Wolves foram bem mais objectivos e competentes no ataque.

Ronaldo imparável

GoalPoint-Juventus-Sampdoria-Italian-Serie-A-201819-MVP
Clique para ampliar

Em Itália, o dia foi de CR7. O craque português fez os dois golos da vitória da Juventus pela margem mínima, em casa, frente à Sampdória. Ronaldo marcou logo aos dois minutos de um jogo em que os campeões italianos dominaram por completo, e acabou mesmo por fazer o 2-1 final, de grande penalidade, sensivelmente a meio do segundo tempo. O atacante luso foi o melhor em campo, voltando a mostrar sede pela baliza contrária – registou cinco remates, quatro deles enquadrados, e fez um passe para finalização, completando duas de seis tentativas de drible.