Locatelli, “il nuovo regista” na senda de Pirlo e Busquets

-

MANUEL Locatelli é um dos médios mais promissores do futebol europeu e, aos 23 anos, está a confirmar todo o talento e enorme potencial que já lhe tinham sido reconhecidos desde tenra idade. Mas precisou de tempo e espaço, algo que não teve no AC Milan, onde se estreou no futebol profissional, mas que ganhou no Sassuolo, emblema que representa há três épocas consecutivas. E o que nos leva a escrever que esta temporada do “trinco” tem sido no mínimo empolgante? Os números – sempre eles – consubstanciam esta nossa afirmação.

Nas 18 jornadas na Série A em que foi utilizado, ao todo 1591 minutos em cena, apontou dois golos, fez uma assistência e amealhou na folha de serviços, uma eficácia de passe do terço central de 93%, quase três (2,6) passes ofensivos valiosos, 1,7 acções defensivas, foi bem-sucedido em 54% nos desarmes realizados e levou a melhor em 55% dos duelos aéreos defensivos. Em 2019/20, nas 33 partidas em que actuou, não fez nenhum tento, mas gizou cinco assistências e mostrou bitola alta na qualidade do passe. Além disso, esteve assertivo a defender, realçando-se a percentagem de sucesso nos desarmes tentados: 52%.

E quais são as principais características de Locatelli?

No 1x4x2x3x1 habitualmente desenhado por Roberto De Zerbi é um dos dois médios mais recuados, assumindo o papel de orquestrar as investidas, uma espécie de regista, um Pirlo dos novos tempos, que gere os ritmos e faz girar todo o futebol da equipa à sua volta. Além disso, utiliza a estatura – 1,88m e 75 quilos – e a qualidade no posicionamento para antecipar uma série de lances. Guardadas as devidas proporções, o italiano emula o que Sergi Busquets vai fazendo no Barcelona e na selecção de Espanha há mais de dez anos, acrescentando outra capacidade para galgar metros, com e sem a bola, em busca da baliza adversária.

Em suma, a posição de “regista”, médio com uma enorme qualidade técnica e táctica, não está em vias de extinção, antes pelo contrário.

[ As últimas quatro épocas de Locatelli na Serie A ]

Já com seis internacionalizações, foi chamado pela primeira vez pelo seleccionador transalpino Roberto Mancini em Setembro do ano passado e na Serie A 2020/21 está entre os melhores, destacando-se em diversos parâmetros de jogo:

  • Entre jogadores com mais de 900 minutos de utilização no campeonato italiano, é o que regista mais acções com bola por 90 minutos, 101,8, sendo que o segundo, Danilo Luiz (Juventus), não passa das 93,4;
  • É o médio-defensivo com mais desarmes (2,8) a cada 90 minutos;
  • Sendo, ainda, o terceiro médio-defensivo, atrás de Fabián Ruiz (1,6) e de Franck Kessié (1,5), com melhor média de remates (1,2);
  • A terminar, é o sexto jogador da posição com mais recuperações de posse (8,1).

Dois dos melhores desempenhos esta época

Não obstante o Sassuolo ter caído de produção na prova – chegou a ser líder -, o “regista” tem realizado mais uma temporada consistente, prova disso, ficam as “stats” que apresentou em duas partidas. Na jornada a sua equipa perdeu com o Inter por 3-0, mas não por sua culpa, pois acumulou quatro passes para finalização, seis passes ofensivos valiosos, teve uma eficácia de 90% nos passes que efectuou, não desperdiçou nenhum dos dois dribles que tentou, contabilizou três desarmes e quatro intercepções.

Já no triunfo ante o Genoa, na ronda 16, voltou a destilar classe e mais detalhes do arsenal de recursos que tem: uma assistência, três passes para finalização, dez passes ofensivos valiosos, as entregas que lançou tiveram uma eficácia de 94%, recuperou a posse em dez ocasiões e “disparou” onze passes progressivos

Locatelli tem aguçado o apetite de alguns “tubarões”, entre os quais a Juventus de Pirlo e o Manchester City de Pep Guardiola, de acordo com o Daily Mail. Com um valor de mercado a rondar os €35M, avança o especializado Transfermarkt, o seu vínculo com os “I Neroverdi” é válido até 30 de Junho de 2023. 

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.