GoalPoint-Man City-Man Utd-English-Premier-League-201718-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-Man City-Man Utd-English-Premier-League-201718-MVP
Clique para ampliar
GoalPoint-Man City-Man Utd-English-Premier-League-201718-90m
Clique para ampliar

O Manchester City desperdiçou a possibilidade de sagrar-se campeão da Premier League à 32ª jornada, ao perder em casa por 3-2 com o segundo classificado Manchester United. Um desfecho que poucos previam perante o que aconteceu no primeiro tempo do duelo entre Pep Guardiola e José Mourinho, mas que Paul Pogba tratou de confirmar.

O City dominou por completo os acontecimentos, marcando dois golos na primeira parte, por Vincent Kompany (25′) e İlkay Gündoğan (30′). Os “citizens” registaram 66% de posse de bola na etapa inicial e enquadraram cinco dos seus nove remates nesta fase da partida, enquanto os “red devils” não realizaram qualquer disparo até ao descanso. Reflexo da facilidade dos anfitriões foi o facto de terem criado quatro ocasiões flagrantes antes do intervalo. Porém, tudo mudou no reatamento.

Num jogo quente, intenso e duro, Pogba mostrou qualidade e bisou em apenas dois minutos (53′, 55′), mostrando que o United não estava disposto em participar na festa do City. E estragou-a por completo aos 69 minutos, quando Smalling deu a volta ao marcador e o triunfo a Mourinho sobre Guardiola. Tudo adiado na consagração do City que, ainda assim, terminou com 65% de posse de bola, 20 remates, seis deles enquadrados, cinco ocasiões flagrantes criadas, contra cinco disparos do United (todos no segundo tempo), quatro com boa direcção, três ocasiões flagrantes.

A grande figura da partida foi Paul Pogba, autor de dois golos em três remates (todos enquadrados), quatro dribles certos em seis tentativas e 83% de eficácia de passe. O francês registou um GoalPoint Rating de 7.4.

GoalPoint-T-shirts-2017-banner