A Liga NOS tem mais um novo registo máximo entre as principais Ligas europeias. Mas não se alegre muito, pois trata-se de um marco negativo. Na vitória do Rio Ave na visita ao Portimonense, este sábado, a contar para a 21ª jornada do campeonato luso, as duas formações fixaram um novo máximo de faltas, ultrapassando o anterior que era detido pela Serie A italiana.

Portimonense-Rio-Ave-faltas-Facto-dia-2-infog
Clique para ampliar

O embate entre o SPAL e o Torino, da 22ª jornada da Liga transalpina, realizado no passado dia 3 de Fevereiro deste ano, havia testemunhado a 51 infracções. Esse encontro havia, por seu turno, destronado dois outros encontros da Liga NOS que haviam somado o maior número de faltas, nada menos que 49, o Sporting-Vitória FC da segunda jornada do campeonato, que os “leões” venceram por 2-1, e o Belenenses-Boavista da jornada 10, que terminou sem golos. Dos seis jogos com mais faltas nas principais Ligas europeias, quatro aconteceram em Portugal (o Vitória FC-Santa Clara, com 47, completa o “ramalhete”), com um Athletic-Valência (47) a representar a La Liga espanhola.

O Portimonense foi a equipa mais faltosa, contabilizando 32 infracções, sendo que o algarvio Pedro Sá – que até foi o melhor em campo -, somou seis, mais duas que o colega Henrique e que os vila-condenses Filipe Augusto e Rúben Semedo.