O argentino Lisandro López fixou-se em definitivo na Luz a época passada, mas o pouco tempo de jogo que foi tendo e a afirmação de Jardel (outro mal-amado, em tempos idos), foram alimentando dúvidas sobre o seu real valor e se o mesmo seria suficiente para substituir os titulares, nomeadamente Luisão como sucede neste momento.

Esta época o central destacou-se pelo seu desempenho em Braga, mas já há algum tempo que os seus números nos vinham prendendo a atenção, daí que num momento em que o central assumiu a titularidade, apenas poucas semanas depois de ser dado como quase certo na Fiorentina de Paulo Sousa para Janeiro, termos achado que era chegada a hora de passar o argentino a “pente fino”.

Estaremos na presença de um GoalPoint Moneyball Player? Será “Licha” o exemplo de um jogador cujo desempenho se situa muitos furos acima do crédito que lhe é atribuído? Vamos à análise.

Luisão em sub-rendimento?

Visto Lisandro somar apenas cinco jogos na Liga NOS 2015/16, achámos justo que a análise incluisse também os dados da temporada passada, mitigando assim os possíveis efeitos de um abaixamento de forma de Luisão em 2015/16, algo que curiosamente os dados não confirmam, como é possível constatar no quadro anexo:

Moneyball Players: Lisandro López - Tabela 1

Em quase todas as variáveis defensivas, o rendimento de Luisão até melhorou relativamente à época passada, e caso julgue que isso se deve ao facto do Benfica se encontrar este ano mais vezes em posição defensiva, os dados também desmentem essa hipótese, visto que em 14/15 o Benfica com Luisão concedia em média 8.1 remates por jogo ao adversário, e esta época o número é de 7.2.

A defender

Moneyball Players: Lisandro López - Tabela 2

Nas variáveis defensivas as diferenças são signficativas. Lisandro López regista sensivelmente o dobro dos desarmes e dos alívios na comparação com o Luisão, e também em antecipação é ligeiramente melhor, somando cerca de uma acção a mais por jogo. Quanto aos erros, poucos em ambos os jogadores, mas mais para o brasileiro.

O duelo dos duelos

Moneyball Players: Lisandro López - Tabela 3

Também aqui a vantagém vai para Lisandro. Luisão é mais eficaz nos duelos que disputa pelo ar, mas Lisandro acaba por ser mais interventivo, ganhando mais duelos em número absoluto, tanto pelo ar como pelo chão.

A marcar e construir

Moneyball Players: Lisandro López - Tabela 4

Os números que trazia da Argentina, e mesmo o bom desempenho no Getafe, já o deixavam entender, mas apesar de, ao serviço do Benfica, Lisandro apenas se ter estreado a marcar em Braga, os indicadores de López como excelente arma atacante já lá estavam. A capacidade de Luisão no jogo aéreo, quando sobe à área contrária, é reconhecida por todos, mas Lisandro consegue fazer o dobro dos remates por jogo em relação ao “girafa”, apesar de apresentar pior eficácia (% de remates enquadrados). Um golo a cada 10 jogos é a média de ambos, mas Lisandro tem capacidade para fazer ainda melhor, pelo que remata.

Lisandro é… um Moneyball Player
Moneyball Players: Lisandro López
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Ninguém chega a internacional argentino por acaso, e apesar das poucas oportunidades que tem tido, Lisandro López tem mostrado, no tempo em que esteve em campo, qualidade suficiente para que a ausência do capitão encarnado não só não seja notada, como possa até ser posta em causa aquando do seu eventual regresso. Veremos se a realidade nos desmente, mas as boas exibições reflectidas nos ratings, até na comparação com Jardel (6.04), não deixam grande margem para dúvidas, Lisandro López está pronto para assumir a titularidade, e provavelmente para ficar.

“Licha” López é assim… o nosso primeiro MoneyBall Player, ou seja, um “craque” validado pelos números ainda que pouco valorizado pela crítica e pelo mercado*.

*valor de mercado actual: 4,5 milhões de euros (valor máximo atingido 7,0 milhões)