Mundial 2014: Um dos dois clubes mais representados terminou em sétimo

-

Depois do pior campeonato da Premier League em muitos anos, de uma temporada verdadeiramente paupérrima, o Manchester United consegue ser a equipa com mais jogadores no Mundial do Brasil, a par do Bayern de Munique (14) e à frente de Barcelona (13), Real Madrid, Juventus e Chelsea (12).

No lote de 14 estão futebolistas que protagonizaram uma temporada muito abaixo das expectativas, com um papel secundário, longe do seu melhor nível.

O rendimento de Nani (Portugal), Fellaini (Bélgica) ou Smalling (Inglaterra) esteve a anos luz de outros, como os espanhóis De Gea e Mata, do sempre dedicado Rooney (Inglaterra) ou do emergente belga Januzaj. Por outro lado, as lesões afectaram a produtividade de outros, como Van Persie (Holanda) ou “Chicharito” (México), enquanto futebolistas como Valencia (Equador), Kagawa (Japão) ou Welbeck (Inglaterra) nunca encontraram a regularidade necessária para brilhar numa época particularmente negativa e muito sofrida, até para os defesas Evra (França) e Phil Jones (Inglaterra).

São 14, mas até podíamos estar a falar de mais um ou outro, caso a Sérvia de Vidic tivesse conseguido a qualificação, ou Ashley Young, Carrick, Cleverley e até Rafael apresentassem um rendimento condizente com o seu real valor.

Sétimo lugar na Premier League, fora das competições europeias da nova temporada e 14 jogadores no Mundial. E neste lote não está contabilizado o novo treinador, o holandês Louis Van Gaal, que orienta a selecção “laranja”.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR