A França venceu o seu segundo Mundial, ao vencer a Croácia na final de Moscovo por 4-2. A jovem geração francesa conquistou o Mundo de forma prematura, quando muitos ainda vaticinavam alguma imaturidade à equipa, referindo que esta ainda tinha tempo para evoluir. E tem, mas os gauleses queimaram várias etapas. Um deles, Kylian Mbappé, aproveitou para fazer História. Com apenas 19 anos, o avançado igualou a lenda brasileira Pelé, que havia sido o primeiro jogador com menos de 20 anos a marcar numa final de um Mundial.

GoalPoint-Mbappe-Facto-do-dia-Mundial-2018-infog
Clique para ampliar

Este não é um feito qualquer. Pelé tinha apenas 17 anos quando marcou na vitória do Brasil sobre a anfitriã Suécia, na final, por 5-2. Um jogo que se realizou a 29 de Junho de 1958. Volvidos 60 anos, Mbappé imitou o feito do imortal craque brasileiro, algo que ninguém conseguiu neste grande hiato temporal. O gaulês já era apontado como potencial melhor do Mundo num futuro próximo, mas este domingo garantiu já um lugar na História.

Este jogo foi rico em factos relevantes:

  • Mandzukic tornou-se apenas no segundo jogador a marcar um golo e um autogolo num só jogo de um Mundial, após Ernie Brandts ter feito o mesmo pela Holanda ante a Itália, em 1978. Mas foi o primeiro a marcar na própria baliza na final de um Mundial.
  • O atacante croata tornou-se também no quinto futebolista a marcar nas finais de Mundiais e Liga dos Campeões – apenas Ferenc Puskas, Zoltan Czibor, Gerd Muller e Zinédine Zidane alcançaram tal feito.
  • O ponta-de-lança Olivier Giroud tornou-se campeão do Mundo após 544 minutos em campo e 0 remates enquadrados.

  • A França é a primeira selecção a marcar quatro ou mais golos em finais de Mundiais desde que o Brasil o fez em 1970.
  • Os gauleses nunca perderam um jogo num Mundial em que chegaram ao intervalo em vantagem, tendo empatado apenas uma partida e ganho 22.
  • Esta é a primeira final de um Mundial com pelo menos três golos antes do intervalo, desde que o mesmo aconteceu em 1974 (Rep. Federal da Alemanha 2-1 Holanda).
  • Antoine Griezmann marcou ou assistiu 12 golos em dez jogos a eliminar em fases finais de grandes competições (Mundial e Euro), mais do que qualquer outro francês nos últimos 50 anos, à frente de Zinédine Zidane (8) e Michel Platini (6).

  • Apenas duas das últimas oito finais do Mundial viram as duas equipas marcar, ambas com a participação da França (2006 e 2018).
  • Neste Mundial registaram-se 12 autogolos, o dobro do anterior registo mais elevado – seis no Mundial de 1998, também ganho pela França.

Confira todos os ratings e análise do França – Croácia neste link!

Já agora um deixamos um convite: anunciamos esta segunda-feira (dia 16) o melhor jogador e melhor “onze” GoalPoint do Mundial 2018, segundo a estatística, mas também queremos conhecer a opinião dos nossos leitores. Vote (no nosso facebook) naquele que foi para si o melhor jogador do Rússia 2018, escolhendo um dos nomes sugeridos ou deixando a sua alternativa, em comentário. Obrigado!

QUEM FOI O MVP GOALPOINT DO MUNDIAL? 👑🏅Anunciamos o resultado esta segunda-feira, mas até lá queremos a tua opinião, obrigado!♥ Kylian Mbappé😆 Eden Hazard😯 Luka Modrić

Publiée par GoalPoint.pt sur Dimanche 15 juillet 2018