[ This announcement is also available in English, click here to read it. ]

A 5 de Julho de 2015 os Estados Unidos conquistavam o Mundial de Futebol Feminino em Vancouver, frente ao Japão (5-2), uma reconquista aguardada nos “States” durante 16 anos e a “vingança” da surpreendente derrota na final de 2011, frente aos nipónicos.

Por essa altura, o GoalPoint acabava de cumprir um ano de existência e não havia ainda lançado sequer os seus GoalPoint Ratings. Passados quatro anos não só estamos ainda por aqui, como conseguimos olhar o passado, sendo fantástico descobrir que a final teria tido uma MVP com um rating histórico: Carli Lloyd, autora de “hat-trick” decisivo para o desfecho que fez da “USAWNT” a selecção mais titulada (3) da história.

[ Carli Lloyd, a MVP da grande final de Vancouver ]

GoalPoint-USA-Women-Japan-Women-Women's-World-Cup-MVP
Clique para ampliar

Dia 7 de Junho arranca o Mundial Feminino, em França.
Desta vez estamos preparados para sermos os primeiros.

A GoalPoint será a primeira empresa de football analytics a analisar publicamente o Mundial Feminino, aplicando as mesmas métricas, análise e qualidade de conteúdo que aplicou durante cinco anos às competições masculinas que acompanha.

[ Os ratings completos da grande final de 2015 ]

GoalPoint-USA-Women-Japan-Women-Women's-World-Cup-1-Ratings
Clique para ampliar

A FIFA quer colocar o Futebol Feminino progressivamente a par do seu congénere masculino. E a GoalPoint quer ser a primeira empresa do seu segmento a contribuir para esse objectivo. Desta vez vamos oferecer os ratings, estatísticas, figuras e recordes da prova “rainha” do futebol feminino, numa aventura que arranca já a 7 de Junho e termina um mês depois (7 de Julho), com a grande final de Lyon.

Acompanha-nos nesta viagem, no site, twitter e instagram e partilha esta notícia.

It’s time to #ChangeTheGame: #DareToShine.