O 25 de Abril do capitão Coates em seis mapas

-

O apito final da batalha vencida pelos “leões” em Braga coincidia com a rendição unânime à exibição do capitão leonino Sebastián Coates. O mesmo Coates que, há uma época era visto como dispensável por boa parte dos adeptos leoninos? Esse mesmo, o que lidera neste momento, isolado, os GoalPoint Ratings da Liga como melhor central do campeonato. O futebol é assim, e os analytics não lhe mudam a beleza, apenas o descrevem.

[ Os números de Seba Coates na Liga 2020/21, cujos ratings lidera como melhor central ]

Clique para ampliar

Quis o destino que fosse um capitão a liderar, não a revolução, mas sim a resistência leonina, em Braga, na noite de um 25 de Abril. Desta vez o central não brilhou pelos golos, mas sim pela forma como comandou a muralha defensiva que os “verde-e-brancos” montaram, a partir do momento em que se viram reduzidos a dez elementos, logo aos 18 minutos da partida. Aliás, o uruguaio não somou qualquer acção ofensiva que não aquele que até ia sendo o único passe ofensivo valioso dos “leões” nos primeiros 36 minutos de jogo. O Sporting faria apenas três, um deles através do qual Porro lançou Matheus Nunes para o golo decisivo.

Sem acções ofensivas, o “patronato” de Coates centrou-se claramente no trabalho e liderança defensiva e, felizmente, não nos faltam mapas e números que permitem quantificar a preponderância da sua actuação. Eis o que diz o “GPS” de Coates em Braga, ponto por ponto.

Acções com (ou pela) bola

Clique para ampliar

Mal se viu Coates para lá da linha de meio campo. Para ser mais exacto só se viu uma vez, no que toca a acções com bola ou na disputa da mesma. Nada de admirar, o minuto 18 determinou a missão que o capitão teria de assumir na Pedreira, a mesma que completou com distinção, no final das 53 acções com bola que somou em Braga.

[ O destaque deste artigo foi carinhosamente apreendido a outro incomparável capitão, o Insónias – se ainda não o fazes segue-o ]

Pelo ar? Ele vai limpar

Desengane-se se julga que Coates venceu muitos duelos aéreos aos adversários em Braga, apesar de essa ser uma das suas qualidades. Efectivamente, o jogo aéreo de Coates incluiu apenas dois duelos aéreos travados, um ganho e outro perdido (mapa da direita). Mas calma, porque obviamente todos vimos a hegemonia aérea do uruguaio. Como? Nos alívios aéreos, ou seja, nas bolas que cabeceou para afastar o perigo da área (e sempre na área, mapa da esquerda), sem sequer ter de as disputar em duelo, fruto do bom posicionamento e leitura de jogo que demonstrou. Os alívios nem sempre são aéreos, mas no caso do capitão essa foi a forma que escolheu quase sempre para anular o perigo (nove alívios, Zouhair Feddal acompanhou-o nessa missão, com sete).

[ Os alívios (esquerda) e os duelos aéreos (direita) de Coates na vitória sobre o Braga ]

Ainda estás tu a pensá-las e ele já as viu

Nada menos que 19 foram as acções defensivas somadas por Coates em Braga. Dessas apenas duas foram desarmes (mapa à esquerda), mas cinco foram antecipações / intercepções às acções do adversário (à direita), um máximo do jogo (o bracarense Sequeira foi o segundo melhor, com quatro).

E Seba não se ficou por aqui. O capitão somou não só três remates bloqueados (mais uma vez máximo do jogo), como ainda conseguiu o feito de, num jogo como este, registar mais faltas sofridas (3) do que as que cometeu (2), estas últimas bem longe da sua área, junto à linha de meio-campo.

Perante estes números não admira que os sportinguistas digam hoje “25 de Abril Sempre!” e que já poucos recordem a desvalorização (quase sempre estatisticamente injusta) a que outrora votaram o central uruguaio, ele que, de facto, se soltou ainda mais ao serviço de Rúben Amorim, mas que sempre deu motivos de elogio, nem sempre valorizados a “olho nu”.

Clica para descobrir tudo o que já escrevemos sobre Sebastián Coates.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.