Liga NOS | O Bar贸metro da recta final da corrida ao t铆tulo 馃搱

-

A primeira derrota do FC Porto aumentou ainda mais o interesse da corrida ao t铆tulo da Liga NOS 2017/18. Cinco pontos apenas separam os “drag玫es” (l铆deres) dos “le玫es” (terceiros), com as “谩guias” pelo meio, a dois e tr锚s pontos dos rivais, respectivamente. Se a isto juntarmos o facto de faltarem apenas oito jornadas para o final e termos ainda um Benfica – Porto e um Sporting – Benfica em disputa, n茫o sobram d煤vidas de que esta ser谩 provavelmente uma corrida em aberto at茅 final.

Posto isto, decidimos revisitar o Bar贸metro GoalPoint, desta vez centrado nesta corrida a tr锚s (guardando para amanh茫 uma vers茫o centrada na igualmente escaldante fuga 脿 despromo莽茫o), recolhendo e comparando o desempenho de Benfica, Porto e Sporting no que toca a algumas das vari谩veis mais reveladoras. Eis o resultado, seguido de algumas conclus玫es e notas relevantes:

GoalPoiont-Barometro-Grandes-Liga-NOS-201718-J26-infog
Clique para ampliar

  • Apesar do “escorreg茫o” em Pa莽os de Ferreira, os n煤meros n茫o enganam, o FC Porto continua a ser a equipa mais produtiva, no plano ofensivo e defensivo, isto apesar de o Benfica assumir nesta recta final os sinais naturais de quem n茫o quer o fecho da discuss茫o.
  • Porto e Benfica equilibram-se na cad锚ncia com que rematam e at茅 numa particularidade que destacou os “le玫es” durante a primeira metade do campeonato, a concretiza莽茫o. J谩 o Sporting, apesar de rematar agora um pouco mais (ainda assim menos que os rivais), perdeu parte da efic谩cia que foi contribuindo para o seu desempenho e que chegou a ultrapassar os 16%.
  • Os “azuis-e-brancos” continuam a ser, de longe, a equipa que cria mais ocasi玫es flagrantes de golo, aproveitando-as neste momento ao mesmo n铆vel que os “encarnados”. O Sporting n茫o fica muito atr谩s, mas acaba por criar (e aproveitar) menos do que os advers谩rios.
  • S茫o curtas as diferen莽as entre os candidatos na hora de contabilizar passes para finaliza莽茫o (remate), mas novamente aqui com Benfica e Porto mais pr贸ximos. No entanto, o “drag茫o” destaca-se claramente como a equipa mais objectiva/”vertical”, ao ser a que menos passes eficazes precisa somar (139) por cada golo que marca.
  • Por fim, no que toca aos indicadores que directamente melhor caracterizam a qualidade defensiva dos concorrentes (remates enquadrados permitidos e a percentagem daqueles que acabam em golo), n茫o existem grandes diferen莽as a n茫o ser no caso leonino, que mant茅m uma tend锚ncia j谩 aqui identificada anteriormente: os “le玫es” permitem mais remates 脿 sua baliza que os advers谩rios, mas t锚m em Rui Patr铆cio um “seguro de competitividade”. O campe茫o europeu concedeu golos em apenas 20% dos remates que j谩 teve de enfrentar, o que, traduzido em n煤meros, significa mais tr锚s do que a dupla Casillas/Jos茅 S谩 e apenas mais um do que Varela/Svilar.

Conclus茫o? Apesar de os “drag玫es” manterem indicadores que justificam, na produ莽茫o, a sua vantagem pontual, isso nem sempre se traduz num cortar da meta no primeiro lugar. Os registos pr贸ximos s茫o evidentes neste momento, sobretudo entre Porto e Benfica, e mesmo estando o “le茫o” mais distante, nos pontos e no que produz em campo, ainda h谩 muito que contar na hist贸ria da Liga 2017/18.

Por tudo isto recusamos, como 茅 costume, exerc铆cios de futurologia. Estamos c谩, desde a primeira hora, para avaliar com exactid茫o o que nos diz o passado recente e da铆 extrair indicadores os quais prenunciam, aqui sim sem d煤vidas, um campeonato muito competitivo at茅 final, sem descuidar a proximidade que um Sporting de Braga em alto rendimento ainda mant茅m, no que toca 脿 discuss茫o por uma presen莽a no p贸dio.

Amanh茫 n茫o perca, em GoalPoint.pt, um exerc铆cio id锚ntico mas desta vez focado na luta pela fuga 脿 despromo莽茫o.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt 茅 um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em an谩lise estat铆stica de futebol, que oferece servi莽os dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.