O insólito golo de Rooney (que quase era validado)

A final do torneio International Champions Cup que teve lugar nos EUA poderia ter ficado marcada pela validação de um golo insólito:  Ashley Young executa um remate (?) de longa distância que sobrevoa o guarda-redes Mignolet e ressalta na estrutura da baliza já para lá das quatro linhas, aproveitando Wayne Rooney para encostar a bola que convenientemente ressalta para dentro do terreno de jogo. Fica aliás a dúvida se não terá existido recurso a indicações externas acerca da validade do lance, tanto foi o tempo que separou a marcação do “golo” da sua anulação, a qual apenas surgiu imediatamente após as repetições que esclareceram que a ser validado este seria já candidato a posição cimeira na inevitável galeria de erros de arbitragem que marcarão a época 2014/15.