O “onze” da 11ª ronda da Liga 20/21 ⭐

-

O ano de 2020 chegou ao fim e a Liga NOS tem um líder que não o era nesta altura desde a última época que foi campeão, em 2001/02. O Sporting tem realizado um excelente campeonato e chega ao Ano Novo na frente, algo que vai justificando com exibições sólidas, ainda que nem sempre brilhantes, mas invariavelmente competentes.

Na última ronda de 2020, a 11ª, a equipa de Rúben Amorim voltou a ganhar, por 2-1, na visita à Belenenses SAD, algo que os outros emblemas do topo – Benfica, FC Porto e Sporting de Braga – também fizeram, com maior ou menor dificuldade. Assim sendo, tudo na mesma na parte cimeira da tabela, embora no “onze” da jornada GoalPoint Ratings esse sucesso dos “grandes” só se expresse com a presença de dois elementos, ambos do Porto, com o Braga – que goleou no Bessa – a assumir-se como a formação mais representada, com três.

Nesta ronda temos apenas um repetente em relação à anterior, mas são oito os estreantes esta temporada. Vamos aos nomes e aos números.

GoalPoint-Onze-jornada-11-Liga-NOS-202021-1-infog
Clique para ampliar

Matheus Magalhães (Braga) 6.6 – O Braga goleou 4-1 em casa do Boavista, num jogo que, em termos estatísticos, foi mais equilibrado do que o resultado. A eficácia fez a diferença, mas também Matheus. Dos 13 remates dos “axadrezados”, cinco foram enquadrados e o brasileiro só não travou um, parando todos os disparos realizados na sua grande área (4).

Cláudio Winck (Marítimo) 6.8 – Este “onze” da jornada tem quatro jogadores dos emblemas insulares, Marítimo e Nacional, dois de cada um, graças a triunfos categóricos. Os “verde-rubros” começaram a perder em Vila do Conde, mas acabaram por dar a volta e ganhar por 3-1, e Winck foi dos melhores. O brasileiro fez uma assistência e criou duas ocasiões flagrantes em três passes para finalização, registou um passe de ruptura, falhou só um de 19 passes e ainda fez quatro desarmes

Júlio César (Nacional) 6.5 – Do rival “auri-negro”, o central brasileiro foi um dos destaques. Júlio César, na quarta época no Nacional, teve de enfrentar uma reacção do Tondela – que, apesar de reduzido desde cedo a dez elementos, nunca desistiu de atacar -, e acabou por ser importante no triunfo por 2-0. Além de ter ganho dois de três duelos aéreos defensivos e registou sete intercepções, máximo da ronda

Diogo Leite (Porto) 6.6 – A lesão de Mbemba abriu a porta do jovem português na defesa do Porto e este não desperdiçou a oportunidade. Apesar de o Vitória de Guimarães ter atacado pouco, Diogo Leite terminou com bons números. Excelente no passe (78 certos, máximo do jogo), registou 13 passes progressivos certos, completou seis de 14 longos, somou o máximo de acções com bola (100) e ainda fez cinco alívios. 

João Vigário (Nacional) 7.0O melhor em campo na Choupana. O lateral-esquerdo do Nacional fez uma assistência e criou duas ocasiões flagrantes em dois passes para finalização, ante o Tondela, e esteve intratável em termos defensivos, terminando a partida com dez recuperações de posse e seis acções defensivas.

Jaume Grau (Tondela) 6.7 – Os beirões perderam na Madeira, estiveram reduzidos a dez elementos desde os 28 minutos, mas venderam cara a derrota. O espanhol Jaume Grau foi um dos melhores da sua equipa, em especial nos momentos defensivos. No total somou incríveis 16 recuperações de posse, 81 acções com bola, ganhou os três duelos aéreos em que participou, completou três de quatro tentativas de drible e ainda registou cinco acções defensivas no meio-campo contrário, quatro desarmes e três intercepções.

Yan Matheus (Moreirense) 7.5 – Seis jogos depois o Moreirense regressou às vitórias, 1-0 frente ao Santa Clara, em casa, e Yan Matheus foi a grande figura da partida, mostrando qualidade na sua época de estreia e quando tinha sido ainda pouco utilizado. O médio marcou o único golo da partida, fez dois passes para finalização, completou três de cinco tentativas de drible e sofreu sete faltas (máximo da jornada).

Ricardo Horta (Braga) 8.8 – Mais uma grande exibição do atacante “arsenalista”. No Bessa, Ricardo Horta foi o melhor em campo, graças a dois golos e a números de fazer inveja. Ao todo fez seis remates, quatro deles enquadrados com a baliza, criou uma ocasião flagrante de golo, falhou apenas dois de 20 passes e somou seis acções com bola na área boavisteira. Um poço de energia e o único repetente em relação à jornada 10.

Joel Tagueu (Marítimo) 7.2 O melhor em campo no Estádio dos Arcos. O camaronês regressou ao Marítimo e está a mostrar a qualidade da primeira passagem, com golos e potência ofensiva. Em Vila do Conde fez dois golos, nos dois disparos enquadrados que realizou (em três remates), e ainda sofreu três faltas, duas em zona perigosa.

Paulinho (Braga) 7.4 – O ponta-de-lança começou de forma tímida no que toca a golos nesta Liga, mas aos poucos está a voltar ao “normal”. Logo aos quatro minutos inaugurou o marcador no Bessa e terminou essa partida com dois remates enquadrados em quatro, uma assistência em três passes para finalização e sete acções com bola na área contrária, máximo do encontro. E só não teve nota bem maior porque desperdiçou duas ocasiões flagrantes.

Mehdi Taremi (Porto) 9.0A grande figura desta 11ª jornada. O jogo do Porto em Guimarães foi difícil, mas Taremi acabou por torná-lo um pouco mais fácil, marcando dois golos, ambos a recolocarem o encontro empatado. O iraniano enquadrou quatro de cinco remates, ganhou três de cinco duelos aéreos ofensivos e ainda registou três passes para finalização e quatro passes ofensivos valiosos (a menos de 25 metros da baliza contrária). Parece ter agarrado em definitivo um lugar no “onze” portista.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-11-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 11ª jornada da Liga NOS 20/21, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA | J11SUMGPRMVPPAS
xG
0-1
2-0
1-1
1-2
1-3
1-4
2-1
1-0
2-3

TotoRating Banner

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR