O “onze” da 13ª ronda da Liga 20/21 ⭐

-

A 13ª da Liga NOS não trouxe alterações ao topo da tabela, uma vez que o líder Sporting venceu na “batalha” da Choupana e manteve os quatro pontos de vantagem em relação a Porto e Benfica, que também ganharam, ao Famalicão e ao Tondela, respectivamente, e o Braga também ganhou, em casa ao Marítimo. E é com este cenário que chega a jornada 14, que terá como prato forte o grande “clássico” entre FC Porto e Benfica, no Estádio do Dragão, já na próxima sexta-feira, às 21h00.

Entretanto, olhemos para a ronda que terminou este domingo e para o “onze” GoalPoint Ratings. O destaque vai para a presença de três jogadores do Benfica, dois do Rio Ave e outros tantos do Paços de Ferreira, numa ronda em que a grande figura foi um jogador dos “azuis-e-brancos”. Aliás, esta é a terceira jornada seguida em que o melhor rating pertence aos “dragões”, duas delas o mesmo jogador. O facto de não surgir nenhum representante do Sporting, que realizou uma épica prestação na Madeira, deve-se apenas ao facto de as condições meteorológicas não terem permitido desempenhos estatísticos de nível tão elevado como o que foi atingido noutras partidas, para lá do grande carácter e capacidade de luta dos “leões”.

Nesta ronda não há repetentes em relação à anterior, mas registamos nada menos que oito estreias esta temporada. Vamos aos craques e aos detalhes de desempenho.

GoalPoint-Onze-jornada-13-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

Jordi Martins (Paços de Ferreira) 7.3 – Os “castores” prosseguem a sua caminhada de sonho e mantêm-se formes na zona europeia. Desta feita venceram na visita à Belenenses SAD, mas não foi um jogo fácil, pois tiveram de lidar com a pressão “azul”. Por essa razão, o guardião pacense, Jordi, foi o melhor em campo, com um total de seis defesas (máximo da jornada), quatro delas a remates na sua grande área, duas a menos de oito metros de distância, e ainda ganhou os dois duelos aéreos defensivos em que participou.

Falaye Sacko (Vitória SC) 7.5 – Um dos valores seguros do nosso campeonato no que toca a laterais-direitos. O malinês foi o MVP do dérbi entre Moreirense e Vitória, que acabou empatado 2-2, em especial pelo que alcançou a nível do passe. Sacko criou uma ocasião flagrante, fez 15 passes progressivos certos e teve sucesso em 11 de 16 longos. Defensivamente o destaque vai para três desarmes e, acima de tudo, as impressionantes 12 recuperações de posse.

Nicolás Otamendi (Benfica) 7.3 – A sua aventura na Luz começou mal, acumulando erros e prestações que colocaram a equipa de Jorge Jesus em cheque em diversas ocasiões. Mas na recepção ao Tondela, o central argentino esteve em excelente plano, sendo um dos melhores em campo. Além de seguro no passe (92% de eficácia nos 89 que realizou), registou um número elevado de acções com bola (101), ganhou sete de oito duelos aéreos, recuperou 12 vezes a posse de bola e assinou cinco intercepções.

Marco Baixinho (Paços de Ferreira) 6.9 – Tal como Jordi, o central pacense teve trabalho extra no Jamor para lidar com a pressão dos homens da casa. Baixinho não fez jus ao seu nome e brilhou nas alturas, tendo ganho quatro de cinco duelos aéreos defensivos. E quando a situação apertou, recorreu seis vezes ao alívios para afastar o perigo. Na construção, destaque para um passe de ruptura

Álex Grimaldo (Benfica) 7.4 – O espanhol voltou a ser preponderante nos momentos ofensivos dos “encarnados”. Ante o Tondela, Grimaldo fez três passes para finalização, três passes valiosos, completou quatro de seis cruzamentos e, na retaguarda, destacou-se dos demais com quatro intercepções.

Show (Boavista) 7.4 – Vamos evitar fazer trocadilhos com o nome do jogador do Boavista. Show deu “Show” (pronto, não resistimos) no meio-campo da equipa de Jesualdo Ferreira, no empate com o Santa Clara, somando números muito interessantes: uma assistência, duas ocasiões flagrantes criadas, três passes ofensivos valiosos e sete entregas longas eficazes em oito foram os principais registos no momento de dar a bola a colegas de equipa. Defensivamente o destaque vai para nove recuperações de posse.

Amine Oudrhiri (Farense) 7.3 – Os algarvios venceram e deram um salto na tabela e o francês, de ascendência marroquina, foi o MVP da partida com o Gil Vicente. Em quatro passes para finalização, dois criaram ocasiões flagrantes e um acabou mesmo por ser assistência para golo. E defensivamente, Amine registou importantes quatro intercepções.

Ryotaro Meshino (Rio Ave) 8.2 – Pouco utilizado por Mário Silva, o japonês, que está em Vila do Conde emprestado pelo Manchester City, fez uma bela “jogatana” na clara vitória do Rio Ave por 3-0 sobre o Portimonense. O extremo de 22 anos fez um golo, enquadrou quatro dos seis remates que realizou e, nas entregas, assinou um passe de ruptura e quatro passes ofensivos valiosos. Uma exibição desequilibradora.

Francisco Geraldes (Rio Ave) 7.3 – O médio deu qualidade ao futebol ofensivo dos vila-condenses, num jogo equilibrado e no qual foi mesmo a melhor definição dos intervenientes que acabou por fazer a diferença. O ex-Sporting registou cinco passes para finalização, outros tantos passes ofensivos valiosos e ajudou defensivamente com quatro recuperações de posse e dois desarmes. 

Darwin Núñez (Benfica) 7.4A figura do jogo do Benfica foi o avançado uruguaio. Darwin não marcou qualquer golo, mas fez as duas assistências da partida, em quatro passes para finalização. E foi mesmo nas entregas que o atacante esteve em destaque, somando também sete passes ofensivos valiosos. Completou três de quatro tentativas de drible, ganhou dois de cinco duelos aéreos defensivos e, na área beirã, registou impressionantes 16 acções com bola.

Mehdi Taremi (Porto) 8.5 – E chegamos à grande figura da jornada. O ponta-de-lança do FC Porto continua a mostrar grande qualidade e volta a destacar-se dos demais, após ter sido o Jogador do Mês de Dezembro. Taremi fez dois golos em Famalicão, em três remates (dois enquadrados), e sofreu cinco faltas, uma delas que deu grande penalidade convertida por Sérgio Oliveira. Ganhou ainda dois de três duelos aéreos ofensivos e somou seis acções com bola na área contrária.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-13-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 13ª jornada da Liga NOS 20/21, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA | J13SUMGPRMVPPAS
xG
2-1
0-2
2-0
3-0
1-4
2-2
1-1
3-1
0-2

TotoRating Banner

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR