TotoRating BannerA 16ª jornada da Liga 19/20 foi rica em emoção. A começar pelo topo, é certo que os “três grandes” venceram, mas não se livraram de alguns sustos e de muito trabalho para vencer os seus adversários.

Naquele que era, teoricamente, o jogo mais acessível, o líder Benfica recebeu o Desportivo das Aves, último classificado, e não só sofreu um (raro) golo caseiro, como teve de lutar até aos derradeiros instantes para conseguir o tento que garantiu os três pontos – tendo para tal fixado vários máximos da época (link). Logo a seguir, o FC Porto esteve a perder, depois a ganhar, e mais uma vez empatado, antes de bater o Moreirense por 4-2. Finalmente, no Bonfim, num jogo marcado pelos casos de gripe que atacaram o plantel do Vitória de Setúbal, o Sporting defrontou uma equipa sadina com muitas alterações e venceu por 3-1, não sem antes sofrer um golo e ver perigar a vantagem.

O “onze” da jornada, com base nos GoalPoint Ratings, reflecte isso mesmo. Só há três jogadores dos “grandes” presentes na selecção semanal, dois do Benfica, um do Sporting e nenhum do Porto. Todavia, o emblema que mais jogadores empresta a esta equipa não conseguiu sequer vencer. São três os futebolistas do Vitória de Guimarães, que não foi além de um nulo na visita ao Marítimo, apesar do domínio e superioridade claros na partida no “Caldeirão”.

Em relação à jornada anterior, não há qualquer repetente e há cinco estreias absolutas em 2019/20. Vamos aos craques.

GoalPoint-Onze-jornada-16-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

Amir Abedzadeh (Marítimo) 8.6A exibição do guardião iraniano foi uma das principais causas do nulo no Funchal entre Marítimo e Vitória de Guimarães. Os minhotos criaram muitos lances ofensivos, aos quais Amir respondeu com oito defesas, sete a remates na sua grande área, uma a disparo ao ângulo superior. E ainda registou três saídas eficazes pelo ar.

Víctor García (Vitória SC) 8.2Desse jogo saiu também a excelente exibição do lateral venezuelano, que se estreia nos “onzes” da temporada. Víctor García esteve muito bem a atacar e a defender, terminando o jogo com impressionantes 13 recuperações de posse, 12 acções defensivas – entre elas quatro desarmes e outras tantas intercepções -, mas também 92 acções com bola, três dribles completos em três tentativas e dois passes para finalização.

Jadson (Portimonense) 6.9 – Os algarvios continuam em zona de descida e, na recepção ao Paços de Ferreira, atacaram muito, mas não foram além de um nulo. Os pacenses praticamente não criaram perigo, muito por culpa do brasileiro, que vai na quarta presença nestes “onzes”. Três duelos aéreos defensivos ganhos em quatro, sete recuperações de posse e nove acções defensivas foram os principais números de Jadson.

Aderllan Santos (Rio Ave) 7.3Os vila-condenses foram vencer por 1-0 a casa do Santa Clara e o central foi fundamental no resultado. Aderllan ganhou todos os duelos aéreos defensivos em que participou (8), recuperou nove vezes a posse de bola e somou 12 acções defensivas, entre elas oito alívios.

Álex Centelles (Famalicão) 7.7 – Quando se vaticinava a quebra de produção dos famalicenses, eis que a equipa recém-promovida continua a mostrar saúde, chegando à 17ª jornada no terceiro lugar. Na visita ao Boavista, o Famalicão viu-se reduzido a dez elementos desde o primeiro minuto, mas aguentou o nulo, antes de marcar no segundo tempo, arrancando uma vitória espectacular. O espanhol Centelles foi o melhor em campo, ao criar uma ocasião flagrante em dois passes para finalização, com um registo de um passe de ruptura, três dribles eficazes, sete desarmes e dez recuperações de posse.

Pêpê Rodrigues (Vitória SC) 8.0 – Mais uma exibição de nível elevado, por parte do médio vimaranense. Após o brilharete na recepção ao Benfica, Pêpê foi o melhor em campo nos Barreiros, com uma ocasião flagrante criada, em impressionantes sete passes para finalização (máximo da ronda), uma eficácia de passe de 90%, 15 passes progressivos eficazes, 14 longos certos em 16 tentativas, oito recuperações de posse e quatro dribles eficazes. Olhos no jogador de 22 anos, mais uma das estreias nos “onzes”.

Gabriel (Benfica) 7.4A vitória do Benfica ante o Aves foi sofrida, mas na retina ficou a exibição de Gabriel, que fixou um novo máximo de duelos aéreos ganhos (pode conferir os números ao detalhe neste link). Além disso, o brasileiro fez cinco desarmes e criou uma ocasião flagrante em três passes para finalização.

Bruno Fernandes (Sporting) 9.2 – O triunfo do “leão” no Bonfim parecia encaminhar-se para ser fácil, mas acabou por não se confirmar. Ainda assim verificou-se mais uma grande exibição de Bruno Fernandes. O português bisou na partida, ganhou uma grande penalidade (que o próprio converteu), enquadrou dois de quatro remates, fez três passes para finalização e ainda realizou quatro desarmes, sendo o melhor jogador da jornada.

Pizzi (Benfica) 8.2 – No triunfo sofrido das “águias” sobre o Aves, Pizzi voltou a ser fundamental. Para além do golo que marcou, de penálti, o médio fez seis passes para finalização, 12 passes progressivos certos, seis longos eficazes (100%) e ainda registou três dribles eficazes em cinco.

Lucas Evangelista (Vitória SC) 7.7 – A qualidade de Lucas é por demais conhecida e, em Guimarães, o brasileiro tem estado em grande plano, estreando-se nos “onzes” de 2019/20. Mais uma vez mostrou muita competência na construção de jogo, com uma ocasião flagrante criada em quatro passes para finalização, 90% de eficácia de passe, três dribles completos em quatro tentativas e ainda três remates enquadrados em cinco.

Sandro Lima (Gil Vicente) 8.3 – Os gilistas estão a fazer um belo campeonato e ocupam já o oitavo posto, após vencerem o Belenenses em casa por 2-0 – garantindo uma primeira volta de campeonato sem derrotas em casa (e com duas vitórias sobre “grandes”, Porto e Sporting). O ponta-de-lança brasileiro foi o melhor em campo, com um golo em dois remates (ambos enquadrados), quatro duelos aéreos ofensivos ganhos em nove, uma ocasião flagrante criada em cinco passes para finalização e 94% de eficácia nas entregas.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-16-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 16ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J16STATGPRMVP
0-1
2-1
2-4
0-0



0-1



1-3
2-0


0-0



2-1