A 17ª jornada da Liga NOS marcou o final da primeira volta da competição, com o primeiro grande “clássico” do ano a reter todas as atenções. O jogo em Alvalade esteve muito aquém das expectativas, terminando com um nulo que reflecte o futebol, para uns pobre para outros “tacticamente rico”, apresentado por Sporting e FC Porto. Por este motivo (e como, aliás, é muito habitual em jogos deste calibre), o nosso “onze” da 17ª jornada da Liga NOS, com base nos GoalPoint Ratings, não tem qualquer jogador de “leões” e “dragões”. Dos “grandes”, apenas o Benfica está presente, após o triunfo por 2-0 na visita ao Santa Clara, e logo com dois jogadores, um defesa e um médio.

Mas não são só as “águias” a emprestarem mais do que um atleta a esta nossa equipa. Rio Ave e Desportivo das Aves também têm dois nomes nos destaques desta ronda. Um dos vila-condenses presentes é Léo Jardim, guarda-redes que surge com o melhor rating da jornada. Esta é, aliás, a segunda semana consecutiva em que o melhor da semana é um guardião, sendo que é a sexta vez esta temporada em que os que mais brilham são os que calçam luvas.

Numa ronda sem repetentes em relação à anterior, registamos seis estreias absolutas no elenco semanal da temporada.

GoalPoint-Onze-jornada-17-Liga-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

 

Léo Jardim (Rio Ave) 8.4 – A formação de Vila do Conde esteve a vencer, mas pela frente teve um Vitória que assumiu o jogo e pressionou bastante no ataque. Valeu à equipa da casa o seu guardião, Léo Jardim, que arrancou o melhor rating da jornada, graças a sete defesas (máximo da jornada), quatro delas a remates dentro da sua grande área, tirando três bolas que se encaminhavam para os ângulos superiores da sua baliza.

Rodrigo (Aves) 7.0 – O lateral tem-nos habituado a boas exibições e surge pela segunda vez esta temporada no nosso “onze”. No empate caseiro 1-1 com, o Feirense, o brasileiro esteve em destaque em termos ofensivos, somando o número máximo de passes para finalização da jornada, nada menos que sete. Fez ainda seis cruzamentos, com sucesso em três. Caso para dizer que não teve ninguém à altura entre os colegas de equipa no momento da finalização.

Halliche (Moreirense) 7.3 – O dérbi do Minho entre Vitória e Moreirense sorriu aos vimaranenses, que jogavam em casa, mas o melhor em campo acabou por ser o defesa-central visitante. O argelino não evitou a ultrapassagem dos homens de Guimarães na classificação, na luta pelo quinto lugar, mas brilhou com dois passes para finalização, quatro duelos aéreos defensivos ganhos em cinco, oito recuperações de posse e 13 acções defensivas, entre elas quatro desarmes.

Jardel (Benfica) 6.9 – Após o autogolo que fez há duas jornadas, em Portimão, o central brasileiro redimiu-se com um golo na visita do Benfica ao Santa Clara. Jardel acertou ainda 91% dos passes, recuperou a bola em sete ocasiões e ganhou os cinco duelos aéreos defensivos em que participou. Uma prestação segura.

Rafa Soares (Vitória SC) 6.3 – A vitória dos homens de Guimarães no dérbi com o Moreirense teve como um dos protagonistas o lateral-esquerdo Rafa Soares. Jogador que nos tem habituado com a qualidade das suas incursões ofensivas, desta feita fez apenas um passe para finalização, mas o suficiente para criar uma ocasião flagrante de golo. Com 85 acções com bola (máximo da partida), Rafa foi dos mais activos, terminando ainda com nove acções defensivas.

Rafael Costa (Boavista) 6.9 – O médio “axadrezado” merecia mais da partida, que terminou com a vitória do Marítimo, no Bessa, por 1-0, apesar do forte domínio dos homens da casa. Rafael terminou o jogo com quatro remates, um enquadrado, e ainda quatro passes para finalização, sendo um para ocasião flagrante. E ainda recuperou a posse de bola sete vezes.

Gabriel (Benfica) 6.9 – Talvez uma surpresa no “onze” inicial benfiquista nos Açores, o médio acabou por fazer uma exibição positiva, terminando mesmo com o melhor rating do jogo entre Santa Clara e Benfica. Houve quem não desse por ele mas os números desmentem essa impressão. Com uma eficácia de passe de 89%, foi mesmo nas entregas que o brasileiro se destacou, como comprovam os 11 passes longos certos em 15 tentativas. No auxílio ao colectivo, Gabriel não se escondeu, registando nove recuperações de posse e cinco desarmes, terminando o jogo como o elemento mais activo, com 105 acções com bola.

Luis Fariña (Aves) 7.7O argentino mostrou, finalmente, a sua qualidade ao serviço do Aves. O médio-ofensivo marcou o golo da equipa da casa, num dos cinco remates que realizou na partida, três deles enquadrados, e ainda fez dois passes para finalização e ganhou três de cinco duelos aéreos ofensivos.

Eber Bessa (Vitória FC) 7.8 – Excelente exibição do extremo-direito sadino. O brasileiro esteve em todas no “assalto” do Vitória à baliza contrária, registando três remates enquadrados em quatro tentativas (três disparos de fora da área) e dois passes para finalização, ajudando depois nos momentos defensivos, com quatro desarmes.

Wenderson Galeno (Rio Ave) 7.2 – O extremo emprestado pelo FC Porto ao Rio Ave continua a mostrar toda a sua qualidade. Os vila-condenses não foram além de um empate em casa, é certo, mas o brasileiro voltou a estar em destaque, sendo ele o autor do golo da equipa da casa. Para além disso, criou uma ocasião flagrante em dois passes para finalização e, pasme-se, tentou o drible em 12 ocasiões, com sucesso em 8 (máximo da ronda, tal como as oito faltas que sofreu).

Rodrigo Pinho (Marítimo) 6.9O homem do jogo no Bessa. O avançado insular fez o golo decisivo da partida com o Boavista, contra a corrente de jogo, mas numa demonstração de eficácia forasteira. Ao todo, Rodrigo enquadrou dois de quatro remates e ganhou os dois duelos aéreos ofensivos em que participou.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-17-LIGA-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 17ª jornada da Liga NOS 18/19, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint ou no novo artigo-resumo da jornada, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J17STATGPRMVP
1-1
0-2
1-1
1-0
0-0
0-1
0-1
2-1
1-1