TotoRating BannerA 17ª jornada da Liga 19/20 fechou a primeira volta do campeonato e ficou marcada por duelos “escaldantes” envolvendo equipas do topo da tabela. Numa sexta-feira verdadeiramente quente, FC Porto e Sporting de Braga defrontaram-se no Dragão, enquanto no Estádio José Alvalade jogou-se o dérbi lisboeta entre Sporting e Benfica. A noite começou com a derrota dos portistas em casa com os minhotos, por 2-1, seguindo-se o triunfo benfiquista ante o grande rival da capital, por 2-0. Uma sequência de resultados que ampliou para sete os pontos de vantagem das “águias” no topo da classificação.

Como é hábito em jogos de cartaz elevado, os desempenhos individuais foram um pouco ofuscados pelos colectivos, pelo que desta feita só temos um jogador de um dos “grandes” no habitual “onze” da jornada, com base nos GoalPoint Ratings. Ele é Rafa Silva, o homem que entrou no decorrer do segundo tempo para resolver o dérbi lisboeta. De resto, o domínio pertence a futebolistas de equipas que ocupam lugares mais abaixo na tabela mas que nem por isso deixam de demonstrar qualidade assinalável.

Destaque absoluto para três jogadores do Desportivo das Aves. O “lanterna-vermelha” deu uma sapatada nos maus resultados e bateu o Portimonense em casa por 3-0. O Tondela continua com dificuldades para vencer em casa (soma apenas um triunfo), mas dois jogadores beirões ocupam lugares na equipa da ronda, o mesmo acontecendo com o Vitória de Guimarães, apesar do triunfo que só apareceu nos descontos ante o Santa Clara.

Repetentes há apenas um, numa semana em que se registam cinco estreias absolutas na temporada. Vamos aos detalhes.

GoalPoint-Onze-jornada-17-Liga-NOS-201920-1-infog
Clique para ampliar

Ricardo Ribeiro (Paços de Ferreira) 7.3 – A recuperação pacense na tabela prossegue, embora com um percalço caseiro, um empate com o Gil Vicente sem golos. O jogo foi muito disputado e poderia ter caído para qualquer um dos lados, e o nulo deveu-se em grande medida à prestação do guardião do Paços. Ricardo Ribeiro fez quatro defesas, todas a remates realizados na sua grande área, e merece a estreia nos “onzes” da jornada.

Kevin Yamga (D. Aves) 6.8 – O primeiro jogador do Aves, também ele uma estreia. Yamga esteve em grande destaque no triunfo da formação de Santo Tirso, pelo que deu à equipa no momento defensivo. Ao todo foram três duelos aéreos defensivos ganhos (100%), nove recuperações de posse e 11 acções defensivas, entre elas cinco alívios.

Bruno Wilson (Tondela) 7.9 – O central dos beirões regressa aos “onzes” graças a mais uma excelente exibição, a construir e a subir no terreno. Bruno fez o golo dos homens da casa, ganhou os quatro duelos aéreos ofensivos em que participou (bem como os três defensivos, num total de sete, máximo da jornada) e esteve muito bem nas entregas, com 16 passes progressivos certos e 12 passes longos eficazes em 18 tentativas.

Pedro Henrique (Vitória SC) 7.1 – O Santa Clara pouco ou nada atacou em casa do Vitória de Guimarães, e pudera, tendo em conta a exibição do central brasileiro. Pedro Henrique anulou qualquer veleidade açoriana na frente, com sete duelos aéreos defensivos ganhos em oito, seis recuperações de posse e 14 acções defensivas, entre elas oito alívios. Uma estreia justa nos “onzes” 19/20.

Rúben Ferreira (Marítimo) 6.9 – O lateral-esquerdo não evitou o “balde de água fria” que foi o golo do empate do Famalicão no último lance do jogo, mas ninguém lhe tira a boa prestação e a eleição de MVP da partida, sendo um dos estreantes nos “onzes” da época. Ao todo registou nove recuperações de posse e incríveis 19 acções defensivas, com destaque para as oito intercepções, máximo da ronda e da Liga (em igualdade com Florentino Luís, do Benfica, ante o Belenenses).

Pepelu (Tondela) 7.4O médio espanhol esteve em todo o lado, a atacar e a defender. Para além de três remates (desenquadrados), Pepelu fez a assistência para o golo de Bruno Wilson, registou dois passes para finalização e ainda ganhou os três duelos aéreos defensivos em que participou e somou cinco desarmes, máximo do jogo. Uma boa estreia nos “onzes”.

Lucas Evangelista (Vitória SC) 7.2 – Mais uma grande prestação do médio brasileiro, que é assim o único repetente em relação à jornada passada. Evangelista foi o melhor em campo no “Castelo”, com cinco remates, três deles enquadrados, uma ocasião flagrante criada em dois passes para finalização e ainda 85% de eficácia de passe.

Diego Lopes (Rio Ave) 8.7A grande figura da jornada. O médio brasileiro marcou um grande golo e fez ainda uma assistência na vitória sobre o Boavista, numa partida em que completou a totalidade das tentativas de drible (4) e ainda fez sete recuperações de posse. Uma prestação irresistível.

Rafa Silva (Benfica) 7.6 – O único representante dos “grandes”. Rafa Silva esteve quase três meses afastado da competição e, regressado há pouco, começou o dérbi de Alvalade no banco. Entrou na segunda parte e virou o jogo do avesso, com dois golos nos dois únicos remates que fez e 88% de eficácia de passe. Decisivo.

Welinton Jr. (D. Aves) 7.8A grande figura da vitória do Aves ante o Portimonense. O extremo brasileiro consegue a terceira presença nas equipas semanais graças a um golo, uma assistência, um remate ao poste, três disparos enquadrados em seis (máximo da ronda) e ainda uma grande capacidade no futebol pelas alturas, com três duelos aéreos ofensivos ganhos em quatro. Uma exibição para mais tarde recordar.

Mehrdad Mohammadi (D. Aves) 6.8O iraniano continua a mostrar qualidade acima da média. Na jornada passada marcou um golo no Estádio da Luz e nesta ronda voltou a ser peça fundamental nos avenses. Um golo e uma assistência em dois passes para finalização são os números mais relevantes de uma exibição que teve ainda ajuda defensiva, na forma de dois bloqueios de cruzamento.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-17-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 17ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J17STATGPRMVP
1-2
0-2
3-0



1-0


1-1



0-1



0-0



1-1



2-0