TotoRating BannerA Liga NOS está relançada. A 20ª ronda trouxe nada mais do que o grande “clássico” entre Porto e Benfica, no Estádio do Dragão, com as equipas separadas por sete pontos antes do apito inicial. Os “dragões” levaram a melhor num emocionantes embate, por 3-2, e reduziram para quatro a diferença pontual no topo da classificação, quando falta ainda muito campeonato para disputar. Um jogo que nos presenteou com uma quantidade apreciável de dados estatísticos relevantes e de análise obrigatória (link).

Não é muito habitual este tipo de jogos emprestarem jogadores para o “onze” da jornada GoalPoint Ratings, mas é isso mesmo que acontece desta feita. São dois os atletas “azuis-e-brancos” que estiveram uns furos acima da média, com desempenhos de qualidade e verdadeiramente decisivos. Mas mesmo assim não é o Porto o emblema a colocar mais jogadores na equipa desta semana.

O destaque vai para o Vitória de Guimarães, que visitou o Famalicão e goleou por raros 7-0. Um jogo especial, com números ampliados e que permitiu aos vimaranenses terem três representantes no “onze”. Ainda com dois nomes surge o Boavista, que está finalmente a carburar sob o comando de Daniel Ramos e vai na terceira vitória consecutiva no campeonato.

Esta semana temos dois repetentes em relação à jornada anterior, e nada menos que cinco estreantes nas escolhas semanais. Vamos aos detalhes.

GoalPoint-Onze-jornada-20-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

Helton Leite (Boavista) 7.4 – Segunda semana consecutiva em que o “nosso” guarda-redes é Helton Leite. O brasileiro regressou em grande forma e voltou a ser decisivo em mais uma vitória “axadrezada”, registando, também pela segunda semana seguida, o número máximo de defesas num jogo. Desta feita foram cinco, três a remates na sua grande área, uma a disparo ao ângulo superior, e ainda registou três saídas pelo ar eficazes.

João Aurélio (Moreirense) 7.1 – Jogo emocionante em Moreira de Cónegos, com os da casa a alcançarem o empate já nos descontos, com uma assistência do guarda-redes Mateus Pasinato. A figura dessa partida foi, porém, um defesa. João Aurélio ganhou os três duelos aéreos defensivos em que participou e somou 13 acções defensivas, com destaque absoluto para cinco desarmes e quatro intercepções.

Ricardo Costa (Boavista) 7.2 – O veterano continua a mostrar que os anos não passam por ele. A vitória boavisteira em Paços de Ferreira contou com um golo de Ricardo Costa (o único da partida), com o central a ganhar quatro de nove duelos aéreos defensivos e a somar 17 acções defensivas, entre elas nove alívios e quatro bloqueios de remate. Foi a estreia do defesa esta época nos “onzes”.

Mathieu (Sporting) 7.7O “leão” viu-se em desvantagem em casa frente ao Portimonense, e valeu à equipa a calma e classe do defesa francês para a reacção rápida. Na conversão de um livre directo, Mathieu fez um excelente golo e comandou as “tropas” leoninas nos 75 minutos que esteve em campo (saiu lesionado), com um registo de 88% de eficácia de passe, oito passes progressivos certos e dois duelos aéreos defensivos ganhos em três. Valeu a estreia esta época nas equipas da jornada.

Alex Telles (Porto) 7.0O primeiro jogador saído do grande “clássico” da jornada. O lateral brasileiro fez um dos golos do Porto ante o Benfica, de grande penalidade, e esteve um pouco por todo o lado, com três duelos aéreos ofensivos ganhos em quatro, sete recuperações de posse e nove acções defensivas, das quais quatro foram intercepções.

Vítor Carvalho (Gil Vicente) 7.2 – Um dos resultados mais relevantes da ronda foi o empate do Gil Vicente em casa do Sporting de Braga a duas bolas, isto depois de ter estado a perder por 2-0 – os bracarenses jogaram muito tempo reduzidos a dez elementos. O gilista Vítor Carvalho foi a grande figura da partida, o que lhe valeu a estreia nestes “onzes”. E esta exibição aconteceu precisamente na estreia pelos emblema de Barcelos, ao qual chegou em Janeiro emprestado pelo Coritiba. O brasileiro não fez por menos e, após entrar no segundo tempo, fez dois golos e ainda ajudou com sete recuperações de posse.

Sérgio Oliveira (Porto) 8.2A grande figura do “clássico”. Sérgio Oliveira nem tem sido opção regular de Sérgio Conceição, mas perante a lesão de Danilo Pereira, o médio tem aproveitado, e fez um excelente jogo no Dragão. Para além do golo inaugural da partida, o português ainda acertou no ferro uma vez, num total de quatro remates, fez dois passes para finalização e somou oito acções defensivas. Que belo jogo para se estrear nos “onzes” em 2019/20.

João Carlos Teixeira (Vitória SC) 9.5 – A goleada da jornada aconteceu em Famalicão, onde o Vitória de Guimarães tirou a “barriga de misérias” ofensivas com um 7-0. O criativo João Carlos Teixeira foi a grande figura do encontro e da jornada e, por pouco, não conseguia nota máxima. Teixeira marcou dois golos, enquadrou três de cinco remates, fez uma assistência em dois passes para finalização, um passe de ruptura e ainda ajudou colectivamente com quatro desarmes.

Marcus Edwards (Vitória SC) 9.0 – O regresso do extremo inglês. A goleada vimaranense em Famalicão só podia dar em notas altas e Edwards voltou a mostrar qualidades acima da média, com dois golos em quatro remates (dois enquadrados), um disparo ao ferro, uma assistência em dois passes para finalização, dois dribles eficazes em quatro tentativas e ainda sete recuperações de posse.

Hélder Ferreira (Paços de Ferreira) 7.7 – Os pacenses perderam na recepção ao Boavista, mas não por falta de esforço de Hélder Ferreira. O extremo foi o melhor em campo, registando dois remates enquadrados em quatro, uma ocasião flagrante criada em cinco passes para finalização, quatro duelos aéreos ofensivos ganhos em cinco e ainda quatro desarmes. Merecia outro desfecho, mas garantiu a estreia nos “onzes” esta temporada.

Bruno Duarte (Vitória SC) 8.2O terceiro jogador dos vitorianos. O ponta-de-lança brasileiro fez um dos golos da sua equipa em Famalicão, mas destacou-se pelas entregas, registando nada menos que três assistências em cinco passes para finalização (máximo da ronda). Ganhou ainda os três duelos aéreos ofensivos em que participou.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-20-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 20ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J20STATGPRMVP
0-1



0-7



0-2



2-2



3-2
0-0



1-1



2-1
0-4