A 29ª jornada da Liga NOS confirmou a ideia de que, muito provavelmente, teremos uma luta pelo título ombro a ombro até final. Os dois da frente venceram as suas partidas, de forma mais ou menos tranquila, e mantiveram-se igualados em pontos. Primeiro o FC Porto foi vencer a Portimão por 3-0, no sábado. Este domingo, o Benfica recebeu e bateu o Vitória de Setúbal por 4-2. Por este motivo, os dois emblemas são os mais representados no “onze” da jornada, com base nos GoalPoint Ratings, a par do Sporting de Braga.

Os minhotos ultrapassaram o Tondela em casa sem grandes dificuldades, por 3-0, mantendo-se em perseguição do terceiro classificado Sporting, que foi ganhar ao Desportivo das Aves por 3-1, apesar de ter jogado mais de 85 minutos reduzido a dez jogadores, por expulsão de Renan Ribeiro. Nesta partida, Bruno Fernandes foi o melhor em campo, voltando a integrar a equipa da semana (é mesmo o único repetente), algo que faz pela 12ª vez, terceira consecutiva, sétima nas últimas nove rondas. É obra!

Quanto a estreantes temos cinco, quatro deles na defesa, um deles a ocupar uma posição que não é habitual, mas com o melhor rating da jornada, e outro que se tem destacado desde que regressou a Portugal, mas que só agora ficou à frente dos colegas de sector. Vamos aos detalhes.

GoalPoint-Onze-jornada-29-Liga-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

 

Daniel Guimarães (Nacional) 7.8 – O Nacional continua em grandes dificuldades na tabela, ocupando o primeiro lugar abaixo da “linha de água”, a um ponto do Tondela, logo acima. A derrota no Bessa por 1-0, ante o Boavista, não ajudou ao cenário, mas esse desaire poderia ter assumido outros números não fosse o acerto do guarda-redes Daniel Guimarães, que realizou cinco defesas, quatro a remates na sua área, dois que se dirigiam para os ângulos da sua baliza.

Wilson Eduardo (Sp. Braga) 8.3O melhor da jornada é um estreante, Wilson Eduardo. habituado a vê-lo na frente e a marcar golos? Também nós. Frente ao Tondela o português fez todo o corredor (assim como Murilo, também destacado neste “onze”), numa opção táctica tão rara (nos “guerreiros”) como eficaz (pelo resultado). Para além do tento, registou dois remates, ambos enquadrados, três passes para finalização, fez seis cruzamentos (um eficaz) e ajudou colectivamente com nove recuperações de posse.

Pepe (Porto) 7.2 – O central chegou em Janeiro, tem estado em grande plano – ao ponto de integrar o “onze” do mês de Março -, mas ainda não tinha figurado nas equipas semanais. Fá-lo agora, mercê da grande prestação em Portimão. O internacional luso foi o segundo melhor no jogo, tendo ganho seis de sete duelos aéreos defensivos e registado 16 acções defensivas, entre elas nove alívios e cinco intercepções.

Gáston Campi (Chaves) 7.4 – Dos seis emblemas no fundo da tabela, apenas o Chaves pontuou, em casa, ante o Belenenses, e muito pode agradecer ao argentino. O defesa-central bisou na partida, nos seus únicos remates (ambos de cabeça), e na retaguarda somou 13 acções defensivas, com destaque para três bloqueios de remate. Uma estreia auspiciosa nos “onzes” para outro reforço de inverno.

Murilo Costa (Sp. Braga) 7.1 – O outro jogador bracarense, e também estreante, é Murilo, um extremo a quem Abel Ferreira entregou todo o corredor esquerdo, no desafio com o Tondela e mostrou qualidades nos vários momentos de jogo. A atacar criou uma ocasião flagrante em três passes para finalização, fez cinco cruzamentos (dois eficazes) e falhou apenas um de 33 passes. Na retaguarda registou quatro desarmes e três intercepções.

André Santos (Belenenses) 7.1O médio ex-Sporting foi o melhor dos “azuis” em Trás-os-Montes. A sua estreia nas equipas da jornada baseia-se fundamentalmente no que construiu. Para além de ter registado o segundo número mais alto de acções com bola na partida (103), fez uma assistência em dois passes para finalização, completou 80 de 91 passes e teve sucesso nas duas tentativas de drible.

Héctor Herrera (Porto) 8.0A grande figura do triunfo portista em casa do Portimonense. O mexicano esteve em todas, a atacar e a defender. Na retaguarda registou cinco desarmes e 12 recuperações de posse. Na frente fez um golo no seu único remate, realizou um passe para finalização e completou 50 de 55 passes.

Bruno Fernandes (Sporting) 7.7 – Mais uma presença nos “onzes” da jornada, a 12ª. O médio não brilhou tanto quanto em outras partidas, até pelo facto de o Sporting ter actuado quase todo o jogo na Vila das Aves com dez elementos, mas voltou a ser verdadeiramente decisivo. Bruno fez um golo, de cabeça – à ponta-de-lança -, num total de quatro remates (três enquadrados), realizou um passe para finalização e foi fundamental no processo defensivo, com dez recuperações de posse e quatro desarmes.

Tozé Carvalho (Vitória SC) 7.3 – Os minhotos não tiveram uma deslocação feliz ao terreno do Rio Ave, permitindo que os da casa regressassem aos triunfos frente ao seu público ao fim de 11 jogos. Contudo, Tozé esteve em muito bom plano e foi o melhor em campo. O extremo fez o golo vimaranense, enquadrou os seus dois remates, realizou quatro passes para finalização e completou duas de quatro tentativas de drible.

Rafa Silva (Benfica) 7.6 – O nosso “onze” termina com a dupla benfiquista que derrubou o Vitória de Setúbal. Rafa começou por brilhar logo aos dois minutos, com um golo através de um desvio de calcanhar, e ampliou pouco depois da meia-hora. Ao todo, o extremo fez quatro remates, enquadrou três, realizou uma assistência em dois passes para finalização e teve sucesso em duas de três tentativas de dribles. Está em grande forma.

João Félix (Benfica) 7.6Após o “hat-trick” de quinta-feira na Liga Europa, o jovem avançado do Benfica voltou a destacar-se na Luz, sendo o melhor da vitória “encarnada” sobre os sadinos. Félix começou por assistir Rafa para os dois golos do colega de ataque, e ele mesmo fez o 3-1, num belo remate de primeira. O atacante fez ainda dois cruzamentos eficazes e ganhou três de quatro duelos aéreos ofensivos.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-29-LIGA-NOS-201819-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 29ª jornada da Liga NOS 18/19, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint ou no novo artigo-resumo da jornada, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J29STATGPRMVP
2-2
1-1
0-3
1-3
2-1
2-0
1-0
3-0
4-2