TotoRating Banner

O FC Porto está lançado rumo ao título. A vitória sofrida em casa do Paços de Ferreira, por 1-0, deu aos “dragões” uma vantagem de seis pontos sobre o Benfica, que soçobrou na visita ao Marítimo, perdendo por 2-0. O técnico benfiquista, Bruno Lage, foi a vítima desse resultado, deixando a cadeira de treinador dos “encarnados”.

Alheio a tudo isto está o Sporting que, sob o comando de Rúben Amorim não sabe o que é perder. Aliás, os “leões” estão na melhor sequência de resultados da época na Liga NOS, com quatro triunfos consecutivos, e já têm mais cinco pontos que o Braga – derrotado em Vila do Conde por incríveis 4-3, o que levou à demissão de Custódio – e menos nove que o Benfica. Esta quarta-feira, os de Alvalade venceram o Gil Vicente, em casa, por 2-1, numa exibição consistente, mas longe de deslumbrar no ataque.

Com esta sequência de resultados, o “onze” GoalPoint Ratings da jornada 29 tem apenas dois jogadores dos “grandes”, um “leão” e um “dragão”, com o destaque a ir por inteiro para o Marítimo, único clube com dois elementos. E a figura da jornada… já viram o rating que conseguiu? Não é para todos.

Nesta ronda há apenas um repetente a registar em relação à anterior e também um só estreante esta temporada. Vamos aos detalhes.

Clique para ampliar

Amir Abedzadeh (Marítimo) 8.3 – Pode não ter o rating mais elevado – é o segundo -, mas mal terminou o Marítimo-Benfica, Amir era já uma das figuras da jornada, ao evitar que os lisboetas facturassem, em especial nos primeiros 20 minutos do primeiro tempo, altura em que foi uma barreira intransponível. O iraniano fez sete defesas (mais do que qualquer guardião na ronda), seis a remates na sua grande área, algumas de grande nível de dificuldade, e ainda travou um remate ao ângulo superior. O melhor em campo nos Barreiros.

Nanu (Marítimo) 7.4 – Outra das figuras dessa contenda foi o lateral-direito insular, Nanu, que nos instantes finais do encontro aproveitou o balanceamento ofensivo “encarnado” para destruir a defesa contrária. Dois contra-ataques rapidíssimos e Nanu aplicou velocidade supersónica para realizar as duas assistências para os tentos da sua equipa, de Correa e Rodrigo Pinho. E ainda completou seis de sete tentativas de drible (máximo da ronda), quatro delas no último terço.

Lucas Tagliapietra (Boavista) 7.6Na jornada 28, o Boavista foi goleado no Dragão e o Santa Clara venceu na Luz. Na ronda 29 as duas equipas encontraram-se no Bessa e os estados de espírito alteraram-se no fim, com o triunfo “axadrezado”. O central Lucas foi fundamental no triunfo por 1-0, sendo o melhor em campo, com um golo, mas também dois duelos aéreos ofensivos ganhos, cinco de seis defensivos, seis alívios e três bloqueios de remate.

Iago Santos (Moreirense) 7.1 – Não foi bonito o jogo entre Aves e Moreirense e o triunfo dos cónegos acabou por confirmar a descida de divisão dos avenses. Iago foi o melhor em campo, registando impressionantes 12 alívios (valor máximo da jornada), três duelos aéreos defensivos ganhos (100%) e muita confiança no passe, com nove longos certos em 13 e oito passos progressivos eficazes.

Alex Telles (Porto) 6.4 – O triunfo portista ante o Paços foi arrancado a ferros, com um golo logo no arranque da partida e, depois, uma exibição pragmática do “dragão”, que não foi além de cinco remates – o mínimo que registou esta época na Liga – e procurou resguardar-se defensivamente. Aí entrou em acção Alex Telles, com o brasileiro a ser o melhor em campo. Ganhou dois de três duelos aéreos defensivos, fez três intercepções e recuperou cinco vezes a posse de bola. Esta é a oitava presença de Telles nos “onzes” da jornada, igualando Pizzi e Bruno Fernandes.

Mikel Agu (Vitória SC) 7.8 – O nigeriano esteve mais de seis meses sem competir, algo que não se notou nada no regresso, no triunfo do Vitória minhoto sobre o sadino. O médio-defensivo foi o melhor em campo, com uma assistência, quatro desarmes, outras tantas intercepções e relevantes dez recuperações de posse.

Rúben Ribeiro (Gil Vicente) 7.5 – O regresso do criativo a Alvalade, onde jogou em parte da época 2017/18, não rendeu pontos ao Gil Vicente, mas Rúben Ribeiro esteve em bom plano, sendo o melhor da sua equipa ao longo dos 90 minutos. E por pouco não foi mesmo MVP. Para além de um golo, apontado de grande penalidade, Rúben fez três passes para finalização e completou as duas tentativas de drible. É a estreia da ronda nas equipas semanais.

Bruno Tabata (Portimonense) 8.0 – E o repetente vem já a seguir. O Portimonense está a fazer uma recta final de campeonato verdadeiramente notável, com três vitórias e dois empates nestes cinco jogos da retoma – o que permite aos algarvios sonharem legitimamente com a permanência. Bruno Tabata tem sido um dos motores desta recuperação e, na vitória em casa do Famalicão, foi o melhor em campo, com um excelente rating. Para além da assistência para o único golo da partida, criou ainda três ocasiões flagrantes em cinco passes para finalização, completou cinco das seis tentativas de drible e recuperou dez vezes a posse de bola.

Nuno Santos (Rio Ave) 9.3 A grande figura da jornada mora em Vila do Conde. O Rio Ave começou a perder com o Braga por 2-0, deu a volta, deixou-se empatar, mas conseguiu vencer por 4-3 nos descontos. Nuno Santos foi o brilhante protagonista desde jogo de loucos, com um dos melhores ratings da época. Para além do golo extraordinário que marcou, o extremo fez duas assistências, criou uma ocasião flagrante em sete passes para finalização (máximo da jornada), teve sucesso em dois de quatro dribles, só falhou dois de 37 passes e ainda fez 11 recuperações de posse.

Gonzalo Plata (Sporting) 7.6 – Que jogador está a fazer-se o jovem equatoriano. O extremo está a crescer a olhos vistos, mais maduro e criterioso nas decisões. Veloz, imprevisível no drible e com golo. No triunfo leonino sobre o Gil Vicente foi o melhor em campo, com um golo pleno de oportunidade, dois remates enquadrados em quatro, uma ocasião flagrante criada em três passes para finalização, um passe de ruptura e quatro dribles eficazes em oito tentativas.

Ronan David (Tondela) 7.4 – Os beirões estiveram a vencer na visita ao Belenenses, na Cidade do Futebol, golo de Ronan. O avançado foi um constante problema para a defesa “azul”, tendo ganho seis de nove duelos aéreos ofensivos. E ainda fez um passe para finalização e sofreu quatro faltas. O melhor em campo.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-29-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 29ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J29STATGPRMVP
1-0



0-1
2-0



0-1
0-1
2-0



4-3



1-1



2-1