A quarta jornada da Liga NOS 2019/20 ditou a primeira derrota do Sporting no campeonato. Os “leões” receberam o Rio Ave em Alvalade e baquearam por 3-2, tendo os três tentos dos vila-condenses sido apontados de grande penalidade, após todas as infracções terem sido cometidas por Sebastián Coates sobre Mehdi Taremi. Assim, o Famalicão (que coloca dois jogadores no “onze” da jornada 4) é o líder isolado da competição.

Os dois outros “grandes” venceram os seus jogos de forma clara. Primeiro foi o FC Porto, que bateu o Vitória de Guimarães em casa por 3-0, beneficiando da expulsão de um jogador minhoto logos aos 45 segundos. E no jogo de maior cartaz, que fechou a ronda, o Benfica foi à Pedreira golear o Sporting de Braga por 4-0, numa partida que teve dois autogolos.

As “águias” e os “dragões” são, aliás, os grandes fornecedores de jogadores para a equipa da jornada, com base nos GoalPoint Ratings, com três cada. Moreirense e Famalicão emprestam dois cada numa ronda em que Alex Telles ocupa o lado esquerdo da defesa pela terceira vez em quatro jornadas, mas não temos repetentes em relação à anterior.

Vamos aos craques.

GoalPoint-Onze-jornada-4-Liga-NOS-201920-1-infog
Clique para ampliar

 

Marco Pereira (Santa Clara) 7.8 – Nesta jornada houve dois nulos, um deles em Tondela, onde a equipa local não conseguiu marcar devido ao guarda-redes contrário. Marco travou duas grandes penalidades, num total de quatro defesas, três delas a disparos dentro da sua grande área.

Jesús Corona (Porto) 7.0 – Parece ter-se fixado a lateral-direito. O mexicano acabou por não ter muito trabalho defensivo, devido ao contexto da partida, mas no apoio ao ataque esteve muito bem, ao registar uma assistência em três passes para finalização, incríveis seis cruzamentos eficazes em sete e três dribles completos em seis tentativas.

Nehuén Pérez (Famalicão) 8.2 – O central emprestado pelo Atlético de Madrid está a mostrar serviço e foi fundamental na vitória no terreno do Aves. O argentino fez um golo e esteve muito sólido na retaguarda, com 14 acções defensivas: cinco desarmes, quatro alívios, quatro bloqueios de remate e um bloqueio de cruzamento.

Iago Santos (Moreirense) 7.7 – No jogo que abriu a ronda, Iago foi o melhor em campo na vitória caseira dos cónegos sobre os algarvios. O defesa-central fez o único golo da partida, tendo ainda ganho cinco de sete duelos aéreos defensivos e somado 11 acções defensivas.

Alex Telles (Porto) 6.9 – A terceira presença nos “onzes” em quatro jornadas é demonstrativa da boa forma do brasileiro. Telles criou duas ocasiões flagrantes em cinco passes para finalização ante o Vitória, não tendo tido muito trabalho em termos defensivos.

Florentino Luís (Benfica) 7.8 – O “trinco” benfiquista esteve em todo o lado, embora quase sempre discreto, tendo sido a grande figura da vitória benfiquista na visita ao Sporting de Braga. O médio falhou apenas dois de 50 passes (96% de eficácia), ganhou a grande penalidade que abriu o activo e defensivamente esteve muito consistente, com cinco desarmes, quatro intercepções e nove recuperações de posse.

Filipe Soares (Moreirense) 7.4Muito bem o médio cónego frente ao Portimonense. O jogador de 20 anos esteve muito bem a construir jogo, tendo criado uma ocasião flagrante de golo em três passes para finalização. E ainda recuperou sete vezes a posse de bola.

Rafa Silva (Benfica) 7.3 – Após o “apagão” frente ao Porto, Rafa voltou a ser muito importante na manobra benfiquista, pelos desequilíbrios que causou. No total, o extremo tentou o drible em cinco ocasiões e teve sucesso em todas (o máximo da ronda, tendo três deles acontecido no último terço), terminando ainda a partida com oito recuperações de posse.

Fábio Martins (Famalicão) 7.8 – O extremo-esquerdo emprestado pelo Braga está a fazer um bom arranque de época. Frente ao Aves fez um golo e enquadrou três dos quatro remates que tentou, tendo completado as quatro tentativas de drible. A nível defensivo somou quatro desarmes e pecou apenas pela ocasião flagrante que desperdiçou.

Moussa Marega (Porto) 8.3A figura da jornada. Após facturar no Estádio da Luz, Marega voltou a marcar, agora por duas vezes, ante os vimaranense. O maliano foi o mais rematador da partida, com cinco disparos, tendo enquadrado todas as tentativas. E ainda fez um passe para finalização e completou as duas tentativas de drible. A sua nota acabou afectada pela ocasião flagrante que desperdiçou.

Raúl de Tomás (Benfica) 7.2Ainda não foi desta que o espanhol marcou, mas realizou uma exibição muito interessante, que apenas não teve conclusão de qualidade por parte do seu colega de ataque. De Tomás criou duas ocasiões flagrantes de golo (num total de três passes para finalização), ambas desperdiçadas por Seferovic, enquadrou dois de três remates e ainda somou um drible completo.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-4-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 4ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J4STATGPRMVP
1-0
0-1
0-1
2-3
2-3
0-0
0-0
3-0
0-4