A quinta jornada jornada da Liga NOS não foi parca em emoção apesar de, entre os “três grandes”, somente o Sporting não ter somado os três pontos. Após a vitória do Benfica sobre o Gil Vicente, no sábado, foi a vez de o Porto jogar em Portimão, um jogo que parecia totalmente controlado pelos “dragões”, mas que terminou com a equipa de Sérgio Conceição a garantir a vitória somente nos descontos. A seguir, o Sporting foi ao Bessa empatar com o Boavista, de nada lhe valendo o intenso domínio que conseguiu.

Numa ronda com muitos golos, nada menos que 34, o “onze” GoalPoint Ratings da jornada 5 tem o condão de ser integralmente composto por estreias na temporada em curso. E só dois emblemas colocam mais do que um elemento, nomeadamente o FC Porto e o Santa Clara, sendo um deles a figura da ronda.

Acompanhe-nos na explicação do que cada um fez no fim-de-semana.

GoalPoint-Onze-jornada-5-Liga-NOS-201920-1-infog
Clique para ampliar

 

Giorgi Makaridze (Vitória FC) 7.1 – A formação sadina conseguiu a primeira vitória esta temporada na Liga, e logo num difícil embate com o Sporting de Braga. O guarda-redes georgiano foi fundamental nesse desfecho, registando seis defesas (máximo da ronda), quatro delas a remates na sua grande área.

Patrick Vieira (Santa Clara) 8.2 – Os açorianos arrancaram uma preciosa vitória caseira ante o Moreirense, e o lateral-direito foi o melhor em campo. Patrick não marcou, mas terminou com números impressionantes: cinco passes para finalização, quatro cruzamentos eficazes em 11, três dribles certos em três tentativas, mas também nove recuperações de posse e três desarmes.

Iván Marcano (Porto) 7.0 – Tudo parecia fácil para o Porto em Portimão quando, de repente tudo ameaçava desmoronar-se, até que surgiu o central espanhol a facturar e a dar os três pontos aos “dragões” ao nono minuto dos descontos. Marcano fez um golo, recuperou sete vezes a posse de bola e ainda somou três intercepções e outros tantos alívios.

João Afonso (Santa Clara) 7.0 – O triunfo do Santa Clara contra o Moreirense não foi fácil, pois os forasteiros não deixaram de atacar. João Afonso foi muito importante na retaguarda, tendo ganho os quatro duelos aéreos defensivos em que participou, e ainda registou quatro intercepções e nove alívios.

Marlon Xavier (Boavista) 7.3 – O Sporting perdeu dois pontos no Bessa e um dos principais responsáveis por esse facto foi o lateral brasileiro do Boavista. Marlon marcou bem cedo no jogo na execução irrepreensível de um livre directo, fez um passe para finalização e ajudou na retaguarda com quatro intercepções.

Mikel Agu (Vitória SC) 7.1 A goleada do Vitória teve como um dos protagonistas o médio-defensivo vimaranense. Agu esteve muito bem a defender, com nove recuperações de posse, dez acções defensivas e cinco duelos aéreos defensivos ganhos em seis, mas também subiu para fazer uma assistência em dois passes para finalização e ganhar três de cinco duelos aéreos ofensivos.

André Sousa (Belenenses) 7.7 – A “chicotada” no Belenenses parece ter resultado. No primeiro jogo com Pedro Ribeiro ao leme da equipa, os “azuis” foram vencer por 3-1 a casa do Marítimo, e André Sousa foi o melhor em campo. O médio fez um golo, criou uma ocasião flagrante de golo e somou seis acções defensivas.

Bruno Fernandes (Sporting) 7.8 – Estreia do médio leonino nos “onzes” semanais de 2019/20, embora tenha figurado na equipa do mês de Agosto. Apesar da expulsão perto do final do jogo no Bessa, que lhe afectou o rating, Bruno apresentou números superiores, com um golo em três remates (dois enquadrados), cinco passes para finalização, 101 acções com bola e quatro dribles certos (todos no último terço) em seis tentativas.

Otávio (Porto) 8.3 A grande figura da jornada foi o criativo do Porto. Otávio mostrou serviço desde o arranque e até ser substituído aos 85 minutos. Ao todo registou quatro passes para finalização, completou as cinco tentativas de drible (três no último terço), recuperou nove vezes a posse de bola e ainda fez quatro desarmes.

Nuno Santos (Rio Ave) 7.5Jornada para esquecer dos vilacondenses, que perderam por 4-2 em casa frente ao Tondela, após permitirem somente quatro disparos enquadrados aos beirões. Na frente as coisas não estiveram assim tão mal, com Nuno Santos em evidência com uma assistência, três ocasiões flagrantes criadas em sete passes para finalização (máximo da jornada), cinco cruzamentos eficazes em impressionantes 16 tentativas e 95 acções com bola.

Denilson (Tondela) 7.5 – Os beirões não atacaram muito em Vila do Conde, mas quando o fizeram, mostraram uma eficácia arrasadora. Denilson foi a figura da equipa e do jogo, com dois golos (um deles com entrada directa para o top do nosso Puskas Ranking) em três remates, uma assistência e um passe de ruptura.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-5-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 5ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J5STATGPRMVP
1-0
4-2
2-0
5-1
2-0
2-4
1-3
2-3
1-1