A Liga NOS segue animada em várias frentes, em especial no topo da classificação, com uma surpresa que capta a atenção generalizada. O Famalicão segue firme no comando, com seis vitórias e somente um empate. Uma posição que não surge por acaso e que, nesta ronda, teve mais um brilhante capítulo, com uma vitória sobre o Belenenses por 3-1, com reviravolta, suportada por uma excelente exibição colectiva, mas também por prestações individuais de relevo.

A prova disso está no “onze” da jornada, com base nos GoalPoint Ratings. O “Fama” coloca nada menos que quatro jogadores entre os melhores desempenhos da ronda. O clube seguinte com mais representantes é o Sporting, com dois, após o triunfo por 1-0 na Vila das Aves, na estreia de Silas no banco leonino. Quanto aos outros grandes, o Benfica não foi além de uma vitória por 1-0 sobre o Vitória de Setúbal, no sábado, enquanto o Porto foi ganhar pelo mesmo resultado na difícil deslocação a Vila do Conde. Ambos os emblemas ficam de fora da equipa semanal, que tem sete estreias esta temporada e apenas um repetente em relação à sexta jornada.

GoalPoint-Onze-jornada-7-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

 

Matheus (Sp. Braga) 7.6 – Os minhotos somaram a primeira vitória fora de casa neste campeonato e bem podem agradecer ao seu guarda-redes por esse facto. O guardião brasileiro esteve em grande plano em Portimão, sendo o melhor em campo com cinco defesas (máximo da jornada), quatro a remates na sua grande área, um a um dos ângulos superiores da sua baliza, e ainda somou quatro saídas pelo ar eficazes.

Fabiano (Boavista) 6.7 – Os “axadrezados” são, a par do Famalicão, a única equipa ainda sem derrotas neste campeonato. No nulo caseiro com o Tondela, o lateral brasileiro esteve muito sólido defensivamente, mas também a atacar. Ao todo somou dois passes para finalização e ganhou todos os cinco duelos aéreos em que participou (três ofensivos).

Sebastián Coates (Sporting) 7.0 – O central leonino parece querer compensar os erros nos últimos jogos e, no regresso do Sporting às vitórias, o uruguaio esteve em bom plano, sendo o segundo melhor em campo na Vila das Aves. Coates completou 52 de 58 passes (cinco de nove longos), ganhou quatro de cinco duelos aéreos defensivos e somou dez acções defensivas, das quais quatro desarmes.

Willyan Rocha (Portimonense) 7.1 – A derrota algarvia ante o Braga não passou por Willyan. O brasileiro foi o melhor dos homens de Portimão, com seis passes longos completos em nove tentativas, dois duelos aéreos defensivos ganhos em três, oito recuperações de posse e 12 acções defensivas, das quais sete foram alívios.

Bruno Teles (Paços de Ferreira) 6.9Os “castores” estiveram a um passo de arrancar um ponto na visita a Guimarães, mas acabaram por perder mercê de um penálti ao cair do pano. O lateral-esquerdo esteve em grande plano, em especial a defender, com um registo de 15 acções defensivas, com destaque para quatro desarmes e outras tantas intercepções. Ofensivamente, completou as duas tentativas de drible.

Guga Rodrigues (Famalicão) 6.8O médio famalicense foi um dos esteios da recuperação da sua equipa na segunda parte do confronto com o Belenenses. O algarvio, natural de Vila Real de Santo António, realizou dois passes para finalização, um deles uma assistência para golo de Anderson Silva, completou 41 de 43 passes (todos os sete longos), teve sucesso em duas das três tentativas de drible e foi o jogador da Liga mais castigado em falta (6), nesta jornada.

Bruno Fernandes (Sporting) 8.0O melhor jogador da jornada. O médio não realizou uma exibição deslumbrante, mas voltou a estar muitos furos acima dos colegas de equipa, tendo feito o golo da vitória do Sporting ante o Aves, de grande penalidade. Para além disso, Bruno registou cinco passes para finalização (máximo da jornada), nove passes progressivos certos, foi o mais interventivo na partida, com 106 acções com bola, completou as três tentativas de drible e recuperou 13 vezes a posse de bola. Uma exibição em prol do colectivo.

Rúben Lameiras (Famalicão) 7.1Após o brilharete em Alvalade, o extremo voltou a estar em destaque ante o Belenenses. Rúben assistiu Pote para o 1-1, registou três passes para finalização e completou impressionantes sete dribles em 13 tentativas (máximo da jornada), cinco deles no último terço. Está-se a formar um caso sério nesta Liga.

Fábio Martins (Famalicão) 6.8 – Já mais habituado a estar na ribalta, Fábio Martins voltou a mostrar qualidade que o torna, nesta altura, uma das figuras da Liga e que mereceu o destaque de jogador do mês de Agosto. O extremo assistiu Anderson Silva para o 3-1 final, terminando a partida com um registo de quatro remates, quatro passes para finalização e ainda três desarmes.

Anderson Silva (Famalicão) 7.5 – O avançado brasileiro entrou somente aos 59 minutos, mas a sua influência no jogo foi grande. Aos 80 minutos fez o 2-1 para os famalicenses e aos 87 bisou e fixou o resultado final. Ao todo, Anderson fez quatro remates, enquadrou três, registou dois passes para finalização e foi a grande figura da partida.

Sandro Lima (Gil Vicente) 7.5 – Os gilistas perderam nos Açores, o Santa Clara foi superior, mas o melhor em campo foi um avançado do Gil Vicente. Sandro foi sempre um quebra-cabeças para a defesa contrária, terminando o jogo com quatro remates enquadrados em seis tentativas (máximo da jornada), dois dribles eficazes e todos os três duelos aéreos ofensivos ganhos.

Fechamos com os jogadores que lideraram o nosso “barómetro” de variáveis nesta jornada:

GoalPoint-Tops-Jornada-7-Liga-NOS-201920-infog
Clique para ampliar

 

São estes os melhores da 7ª jornada da Liga NOS 19/20, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA NOS | J7STATGPRMVP
0-0
2-1
1-0
3-1
1-0



1-0


0-1



0-1
0-1